Home | Bebê e Infantil | Como armazenar e congelar papinhas de bebê

Como armazenar e congelar papinhas de bebê

Se o seu baby já está na fase da introdução alimentar, parabéns! Essa é uma etapa superimportante e, quando bem feita, determinará os gostos do seu filho por alimentos mais saudáveis (ou não, caso não seja feita no capricho). Apresentar cores, texturas e aromas novos ao cardápio do bebê que estava em aleitamento exclusivo é uma delícia! Mas se o dia a dia corrido impede que cada refeição seja preparada na hora, é possível oferecer alimentação de qualidade da mesma forma. Saiba como armazenar e congelar papinhas e procure oferecer o que há de melhor para seu filho(a)!

como armazenar e congelar papinhas

+ Introdução alimentar BLW: conheça

+ Receitas de papinhas doces práticas

Como armazenar e congelar papinhas de bebê

O que pode ser congelado?

Antes de mais nada, é importante saber o que pode ser congelado.

Alimentos muito aquosos, como a batata é melhor não congelar, já que tem suas propriedades organolépticas (textura, sabor, aroma) alterados. Outros tubérculos como a batata-doce, mandioquinha e mandioca podem ser congelados, assim como brócolis, cenoura, espinafre e as carnes.

Ovos também não podem ser congelados, mesmo cozidos, ok?

Qual a melhor forma de armazenar as papinhas?

Se é necessário congelar os alimentos do baby, procure criar um estoque de recipientes plásticos com tampa e que podem ir ao congelador sem riscos.

Outro detalhe: procure plásticos livres de BPA (material que pode ser tóxico). O vidro não é tão indicado, pois com a mudança brusca de temperatura pode explodir (quem nunca explodiu um refratário não sabe o que é susto nessa vida!).

como armazenar e congelar papinhas 2

+ Embalagens térmicas lindas e feitas à mão!

+ Babadores divertidos para seu bebê!

Qual a melhor forma de descongelar as papinhas?

A melhor forma é descongelar na geladeira, e nunca em temperatura ambiente, para evitar contaminações.

Se não deu tempo de descongelar antes de servir, leve a papinha congelada mesmo para o micro-ondas ou coloque o alimento em uma panelinha com um pouco de água e vá descongelando em fogo bem baixo.

Por quanto tempo guardar as papinhas congeladas?

Não mais que um mês. E outro detalhe importante: por mais prático que seja congelar os alimentos já prontos, não faça uma grande quantidade de papinha de um único sabor para seu bebê. Ele precisa conhecer os alimentos e quanto mais variada for sua alimentação, melhor.

Se puder, faça sabores alternados de papinhas, sinalize os potinhos com a data de congelamento e sabor e alterne para a alimentação não ficar repetitiva.

Ah, assim que descongeladas, as papinhas não poderão ser novamente congeladas, ok? Se o bebê não comer tudo de uma vez, descarte o que ficou no pratinho e o que ficou no pote poderá ser oferecido no jantar, por exemplo.

Agora que você já sabe como armazenar e congelar papinhas, que tal ver essa lista de fraldinhas de boca para evitar a sujeira na hora de comer?

Imagens: Mundo Ovo, Pinterest

Nutricionista de profissão e crafter de coração. Mãe da princesa Maria Alice. É boa de garfo, ama música e não resiste a um garimpo de decor. Cria os acessórios da Flor de Cris e da A Decoradeira. Sempre indecisa, na dúvida acaba levando os dois.

Veja mais posts deste autor.