Home | Negócio Criativo | Dicas para sua loja | Concorrência: conheça-a e cresça com ela

Concorrência: conheça-a e cresça com ela

O post de hoje aborda a temida concorrência e a proposta é aprender a crescer e lidar com ela de forma enriquecedora. Quem contribuiu com essa pauta via rede colaborativa foi o Cleber Pelarin Silva do site Fio de Vento.

como-analisar-concorrentes

Concorrência: tema sempre muito falado

Em diversos grupos do Facebook e em e-mails que recebo, muitos artesãos abordam o mesmo tema, a concorrência. Os textos sempre são os mesmos praticamente, “o mercado tem muita gente fazendo o que eu faço”, “os preços são mais baratos que os meus”, “ o trabalho é pior mas vende mais que o meu” e por aí vai.

A concorrência existe em todos os mercados imagináveis, é realmente muito difícil encontrar um mercado que não exista concorrência. Não levando em consideração a frase “Gosto do impossível porque lá não tem concorrência” dita por Walt Disney… Focamos aqui no possível, que sabemos que é viver de seus artesanatos.

Foco no mercado

A grande questão é a vontade de fazer dar certo e deixar um pouco de lado o que os outros estão fazendo. Não dizendo que você não deva pesquisar seus concorrentes, isso é ótimo, pois te fornece uma base sólida, baseada em dados concretos para avaliar seus resultados e ações.

Eu falo de deixar de achar que o que os outros fazem irá sempre te prejudicar. Muito pelo contrário, a concorrência é que aquece mercados, que faz novas ideias surgirem, coisas novas acontecerem. O mercado fica mais interessante para o público em questão.

Foque primeiro no que você faz, assim, se acha que o valor do seu concorrente é mais baixo que o seu, para competir basta analisar o material que ele usa, como ele faz e determinar suas ações sobre duas óticas. Fazer o mesmo, procurando materiais e formas de comprar esses materiais mais em conta e oferecer um valor mais baixo. Ou ainda, mostrar ao público-alvo o diferencial de seu produto, ou seja, a exclusividade, a qualidade, o suporte, enfim, o que for de diferente de seu concorrente.

Seu público

Imagine o seguinte: o seu mercado de atuação conta com um campo de atuação e alcance de 500.00 pessoas (meio milhão de pessoas)… Você realmente acredita que todo esse meio milhão de pessoas irão optar pelo produto do seu concorrente porque é mais em conta?

É óbvio que não! O seu concorrente provavelmente não teria nem condições de atender todos eles. Portanto, imagine se você conseguir atender 10% desse público-alvo, não estaria de bom tamanho? Se analisar por esse prisma, o seu concorrente não parece tão concorrente assim, não é mesmo?

boneco concorrencia

Conheça e encante seu público – boneco da loja Encantário estúdio criativo

Imagine também que esses 10% optam por seu produto porque preferem uma qualidade melhor, um atendimento mais personalizado… Enfim, por inúmeros outros fatores que você levantou que seu “concorrente” não possui e incluiu ou evidenciou em seu negócio.

Oportunidade de crescimento

A concorrência é uma oportunidade de crescer. É ela que faz você se mexer, sair da sua zona de conforto e partir para cima. Se ao invés de focar as suas energias em reclamar da concorrência, mude o pensamento. Foque em encontrar soluções para ultrapassá-la, encontrando melhores caminhos para superá-la. Seus resultados serão bem melhores, acredite.

Eu vou aqui dizer o que sempre digo: foque no seu trabalho, pesquise a concorrência e avalie suas ações, veja como você melhoraria cada ação de sua concorrência. Então, implemente em seu negócio essas melhorias. Conte-as para sua audiência e mostre o motivo de comprar com você.

concorrencia

Encontre formas de se fortalecer e se destacar com seu produto. Corações da Guriah Arteira.

Crie parcerias

Outro ponto de vista, é que hoje, o que é considerado por você como um concorrente, amanhã pode se tornar seu parceiro. Como? Simples. Se você trabalha com artesanato em tecido, por exemplo, e tem um concorrente que faz a mesma coisa que você, ao receber uma encomenda muito grande, talvez seja uma boa ideia terceirizar o serviço com esse concorrente.

Ele deixa então de ser um concorrente e se torna seu parceiro. Isso contribui ainda mais para o mercado, alavanca seus resultados e te torna uma referência no mercado para esse concorrente. Ele provavelmente irá te olhar com outros olhos, sendo assim, novas parcerias podem acontecer e seus resultados melhorados por essa parceria e network.

Mude seu olhar

Portanto encerro esse artigo te dizendo que é hora de enxergar a concorrência com outros olhos. Começar a pensar à frente e seguir trilhando seu caminho independente. Se hoje tem quem faça mais barato ou vende mais… É provável que um dia também vendeu pouco ou quase nada. A diferença foi que ele focou em seu negócio apesar do mercado escancarar que tinha quem fazia mais e mais barato.

Esse é o espírito empreendedor. O espírito da vontade de fazer independente dos obstáculos encontrados, da busca do melhor para você e seu negócio, sem se importar se a grama do vizinho está mais verde hoje. Afinal ele sabe que no amanhã, a sua grama pode estar igual ou melhor que a do vizinho. Basta focar e dedicar tudo o que tem para fazer melhor que ontem e amanhã fazer melhor que o hoje.

Sucesso!

Quer ver um outro texto para auxiliar na produtividade de seu negócio criativo do mesmo autor? Venha aqui!

Sobre Elo7

Somos um time que é apaixonado por tudo que é criativo e feito à mão. Aqui no blog, trazemos dicas diárias para inspirar e ajudar no seu negócio criativo! Também organizamos oficinas e encontros em todo o Brasil. Conheça o Elo7!

Veja mais posts deste autor.

2 comentários

  1. Nara Regiane Diniz

    Gostei muito das suas palavras,nao podemos desistir não,obrigado

  2. Obrigado Nara, é isso ai, desistir jamais!!!!