Home | Bebê e Infantil | Como montamos o quarto do Levi

Como montamos o quarto do Levi

O momento que estamos vivendo é muito especial e é incrível ver que conseguimos chegar num layout de quarto de um jeito funcional, com a carinha que queríamos e ver o espaço tomando forma e vida nas mudanças diárias que acompanhamos do Levi.

Nós fomos montando tudo aos poucos, pois como o Levi nasceu antes fomos elencando as prioridades, mas a primeira coisa foi instalar a cortina, pois eu amamento ele no quarto e é bom privacidade. 

Nossa ideia foi criar um quarto onde o Levi tivesse acesso às coisas, então tudo está numa altura baixa, para assim que ele começar a ficar mais firme engatinhando e depois andando, possa explorar seu espaço e se desenvolver com autonomia. Não colocamos nenhum tema em especial para o quarto, fomos juntando tudo o que eu e o Fabio gostamos e montando no feeling, num geral o que predomina são plantas e cores terrosas.

A cama optamos por fazer com a ajuda do meu pai, no estilo Montessori, ela é baixinha, então a criança consegue sair e entrar na cama sem se machucar, provocando também a vontade de explorar as coisas, tem este vídeo no meu IGTV ensinando. Decoramos ela com o varal de folhas, macramê e a roupinha de cama no estilo minimalista. Como o quarto é pequeno nós escolhemos não fazer estruturas maiores na cama como de casinha, colocamos um tecido voil pendurado num bambu, é lúdico, simples de fazer e fica super lindo.

A pintura do quarto foi a primeira coisa que fizemos quando eu ainda estava grávida. Quem reparou na identidade do nosso quadro “Agora Que Somos Pais” deve ter conectado em como ficou o quarto, nós pegamos tintas que já tínhamos utilizados na casa antiga, com cores que nós dois gostamos muito e fomos reproduzindo a estampa.

Tudo o que inserimos no quarto é muito personalizado, e isso aconteceu porque encontramos produtores pequenos aqui na Elo7 que conseguiram traduzir muito do que somos. Para ver o vídeo completo da tour, clique aqui!

Isa Ribeiro
Uma mulher ex-especialista de sistemas, hoje fotógrafa, escritora, life Coach pós graduando em Psicologia Positiva, podcaster e youtuber. Casei com o meu melhor amigo barbudo, gaúcho do interior e produtor musical chamado Fábio, que quase não dá bola pra essa coisa internética e vive de chinelo no pé.

Veja mais posts deste autor.