Home | Bebê e Infantil | Dia da Criança: brinquedos educativos artesanais

Dia da Criança: brinquedos educativos artesanais

brinquedos

Bola de gude, bater figurinha, corda, pular amarelinha, peão, ninar bonecas de pano, resta um… Quantas dessas brincadeiras fizeram parte da sua infância? E quantos destes brinquedos educativos levam a cultura do artesanal em sua essência? Estamos a um dia do Dia da Criança e para celebrar,  fazemos um resgate nostálgico do brincar na sua forma mais imaginativa e simples.

Vamos fazer uma viagem em nossas lembranças e resgatar a importância destes elementos para os pequenos. :)

Mercado seletivo e valorizado

É curioso e também um alívio sabermos por meio de pesquisa da Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq) que, no setor de brinquedos hoje dominado por diversos eletrônicos e inovações que movimenta em média R$ 4 bilhões por ano, o segmento de brinquedo educativo representa 20% do mercado. Entre cinco fatias deste bolo, uma ser representada pelos produtos com valor educacional e pedagógico deve ser comemorado. A pesquisa aponta como fator responsável por essa proporção o fato dos pais de hoje serem mais seletivos e bastante preocupados com os valores e conceitos transmitidos às crianças.

Outro índice que estimula e motiva: 90% destes brinquedos educativos produzidos no Brasil são fruto do trabalho de artesãos, agentes importantes na manutenção das brincadeiras tradicionais de nossa cultura. O bate-papo com as artesãs da loja Aolibama e seus projetos relacionados ao brincar e todo conceito por trás de seus brinquedos relatam muito bem isso.

Brincadeira à moda antiga, com conceito

Madeira, tecido, corda, lã são os materiais que dão vida às brincadeiras deste o tempo de nossas avós. Os principais brinquedos à moda antiga levam apenas estes ingredientes na receita e são capazes de levar crianças e adultos por horas para um novo cenário de imaginação. É o fato de as peças serem na maioria das vezes simples que faz com que os pequenos complete a brincadeira e histórias em sua própria cabeça e fantasia.

brinquedos1

Já conhece os bonecos Waldorf?

Os bonecos Waldorf , seguem uma escola pedagógica e filosófica. Com suas expressões faciais reduzidas para interagir e refletir os pensamentos da criança. Sempre levam enchimento natural pois a lã é um condutor térmico e acaba absorvendo calor, além do cheiro, do ambiente. Tudo pensado para que a brincadeira se torne social, lúdica e seja um verdadeiro reflexo do pequeno e de seu entorno.

Este video da artesã Fabiana Pereira, é uma fonte muito bacana para entender o mundo dos bonecos Waldorf:

Outros exemplos de brincadeiras que levam a criatividade e materiais simples como base podem ser citados. O jogo da bugalha ou jogo das cinco marias. Nesse caso, são coordenação e atenção das crianças são estimulados apenas por tecido e recheio de arroz. Para quem não se lembra ou quer recordar a atividade, é fácil: consiste em jogar uma maria para cima e ser rápido para pegar outras enquanto a primeira está no ar. Há variações e regras conforme a região e é uma delícia perceber como elementos simples podem conduzir a diversão.

brinquedos2

Todo esse resgate fez o seu interesse pelos brinquedos educativos crescer?

Então vale o passeio por nossa comunidade de artesãos e suas criações. É surpreende perceber como nossas lembranças de infância continuam tão necessárias e presentes nos dias de hoje. A sociedade se transforma constantemente, as tendências e moda vão e vêm, mas o brincar e a importância deste aprendizado no início da vida de cada um de nós não muda. ;)

Bom passeio pelas lembranças, ótima brincadeira e um dia cheio de criatividade com os filhos, netos ou sobrinhos!

Imagens: Amarelinha da loja Fafa Arte, peão da Arte em Lembrar, boneca da Bebeth, brinquedo em madeira da Petit Artiste, 5 marias da Talento Criativo, batata quente da Eu que Fiz, corda da Criarte, bolinhas de gude da ArtesaNá Presentes e boneco Waldorf da capa do ateliê Nina Veiga.

bool(false)
Com antena ligada para novidades e tendências 7 dias por semana, paulistana vivendo em Ilhabela, é produtora de conteúdo criativo freelancer há seis anos, formada em Publicidade e Propaganda na ECA-USP, com especialidade em mídias digitais pela FGV. Autora do blog Colacorelinha , redatora do Blog do Elo7, gerenciadora de marcas na web e fã convicta de suculentas e sua força.

Veja mais posts deste autor.

2 comentários

  1. Adoro trabalhar com produtos infantis e fiz questão de resgatar as minhas brincadeiras de infância e trazer para essa criançada de hoje que vive sentada em frente ao computador e não faz ideia do que é: 5 marias, batata quente, jogo da velha, pula elástico, chicotinho queimado… todos esses mimos fazem parte da EU QUE FIZ (com os devidos manuais de instruções, para que possam usufruir das brincadeiras corretamente e com segurança)Esses brinquedos estimulam a coordenação motora, sociabilizam, além de colocar a criançada para se exercitar como na brincadeira de corda , batata quente e pula elástico onde movimenta-se o corpo.Além do que um presente artesanal é único !

  2. Dora Casimiro Costa

    Sou pedagoga e tenho uma loja de brinquedos educativos.( VERDE LIMÃO BRINQUEDOS – SP) É uma batalha diária contra os games e suas funções.
    Vamos incentivar as brincadeiras ao ar livre!