Home | Casa | Dicas para escolher lustres e pendentes

Dicas para escolher lustres e pendentes

dicas para escolher lustres e pendentes para sua casa

Precisa de dicas para escolher lustres e pendentes para sua casa? Independente de qualquer coisa é bacana definir um estilo para a décor da sala ou quarto. Curte um estilo mais clássico? Talvez um lustre seja a sua praia! Para ambientes mais descolados, o pendente pode dar conta do recado. Veja as dicas para ajudar a escolher a melhor iluminação para seu lar:

Qual a diferença entre o lustre e pendente?

Por definição, o lustre é uma iluminação suspensa com mais de um foco de luz, seja com velas ou lâmpadas. Podem ser feitos de vários materiais, até dos mais tradicionais, como metal com cristal ou vidro.

Já os pendentes são luminárias geralmente sustentadas por fios e com pegada mais descolada. Podem ser feitos de diversos materiais, cores, estilos… Opções que facilitam na hora de escolher a iluminação ideal de acordo com a decoração da sua casa.

dicas para escolher lustres e pendentes para sua casa

Lustres: Daniele Novelli, Dona Mix Decoração, Bem Dito Canto, Daniele Novelli

Onde instalar lustres e pendentes?

Os lustres vão bem em salas de estar ou jantar, devido à exuberância da peça. Alguns modelos também combinam com quartos, porém dificilmente combinarão em uma cozinha! Além disso, imagine limpar gordura dessa peça tão rica em detalhes? Trabalho árduo…

Já os pendentes são bem versáteis e se adaptam à sala, quarto e, dependendo do modelo, até à cozinha. Por terem um foco de luz mais direto (e consequentemente alguns centímetros de fio pendurado), não são aconselháveis para corredores ou áreas de circulação intensa. Nesse caso, é melhor optar pela iluminação diretamente no teto ou por luminárias.

lustres-

Pendentes: Seu Móvel de Palete, Minas Madeiras Ateliê, Crie Casa Decoração, Artecer e Iluminação

Cuidados ao escolher

Se optar por um lustre, considere a quantidade de lâmpadas que irá na peça. Muitas vezes as lâmpadas mais econômicas não ficam esteticamente bem em lustres de cristal. Se a ideia é economia de energia, os pendentes podem ser boa opção.

Verifique também o tamanho do lustre em relação ao espaço de sua sala para que a composição fique harmoniosa. E todo cuidado é pouco na hora de escolher um lustre de plástico ou acrílico, pois as peças podem superaquecer e gerar curto-circuito ou derretimento. Confira também o material da cúpula do pendente. Se optar por tecido ou fibra, quanto mais escura ou fechada for a trama, mais focada e menos difusa será a iluminação.

Distância do teto

Para a escolha do pendente, as possibilidades são quase que infinitas, mas não esqueça de considerar que a iluminação dessa peça é focada, ou seja, se o espaço é grande, pode ser necessário optar por luzes auxiliares, luminárias ou mais de um pendente no local. A distância mínima do pendente para o teto é de 20cm para que a peça cumpra sua função de estar… pendente! Mas observe a altura máxima, não deve atrapalhar a circulação ou campo de visão.

E já que o assunto aqui é iluminação, que tal fazer você mesma um pendente tendo como base cano de PVC? O passo a passo completo está nesse link.

Imagem de abertura: Owla

string(182) "https://www.elo7.com.br/campanha/elo7-top-decoracao?mktSort=plusCurated&utm_source=blog&utm_medium=carrossel&utm_content=lista_decor_casa&utm_campaign=carrossel_decor"
Nutricionista de profissão e crafter de coração. Mãe da princesa Maria Alice. É boa de garfo, ama música e não resiste a um garimpo de decor. Cria os acessórios da Flor de Cris e da A Decoradeira. Sempre indecisa, na dúvida acaba levando os dois.

Veja mais posts deste autor.