Home | Gente que Inspira | Entrevista | Elosetter em destaque: Camila, da Lady Candy

Elosetter em destaque: Camila, da Lady Candy

Quem é a Lady Candy?
Meu nome é Camila Reis, sou carioca e apaixonada pelo universo pin-ups. Sou estilista e cuido da criação da marca Lady Candy, para mulheres modernas que buscam uma pitada de açúcar, tentação e diversão no dia a dia. Adoro as referências dos anos 50, o estilo ladylike, a silhueta ultra feminina, a brasilidade e o romantismo. O tema da marca é: Be a Lady!


Como foi o nascimento da sua marca?
Sempre gostei de me expressar por meio das artes em suas diversas formas. Me formei bailarina no Centro de Dança Rio, fiz canto na escola de música Villa Lobos e teatro no Tablado. Uni estas duas paixões participando de musicais. Troquei o palco pela passarela quando me formei em Design de Moda no SENAI/CETIQT e o gosto por escrever sobre moda me fez cursar uma segunda graduação, em Jornalismo. De certa forma minha vida tomou diversos caminhos, mas todos ligados à moda de alguma maneira. A Lady Candy é fruto de um estudo e desenvolvimento de coleção sobre as pin ups, da minha monografia em design de moda. A partir dela veio o desejo de criar uma marca de roupas especializada nesse estilo.

Explica pra gente um pouco sobre o estilo pin up?
As pin-ups são ilustrações típicas dos anos 40 e 50, que eram reproduzidas em calendários e publicidades da época. Imagens dignas de se pendurar na parede… Daí o nome em inglês pin (alfinetar) e up (para cima). A característica principal é o misto equilibrado da doce inocência, com o teor apimentado sexy. De ilustrações, as pin-ups tornaram-se um estilo único de vestir com referências retrô dos anos 50 que em sua essência, é singela, romântica. Uma verdadeira lady, que é doce por si só.

Como é ter a sua própria marca de roupas?
Sempre trabalhei com moda. Já fui assistente de estilo de marcas como Alessa, Bianca Marques, Fernanda Chies e Bintang. Essas experiências foram muito enriquecedoras e me deram uma noção maior do mercado. Cuidar sozinha de todo processo de uma marca não é tarefa fácil, mas é algo que faço com tanta paixão que as dificuldades se transformam em oportunidades e aprendizado o tempo todo. Quando se faz o que se gosta com muita determinação, a conseqüência de ter o trabalho reconhecido é muito gratificante.

Conte pra gente o seu maior desafio, seu maior arrependimento e maior conquista.
Meu maior desafio é fazer os clientes acreditarem na credibilidade da internet. Meu maior arrependimento: não ter estudado mais sobre gestão de negócios, antes de iniciar o meu. Minha maior conquista é ver minhas clientes felizes. O sorriso estampado, ao experimentar uma roupa ou um elogio sincero sobre o produto que criei são coisas que não têm preço.

Quais são as suas estratégias de marketing e divulgação?
Utilizo meus conhecimentos em comunicação, fiz um estudo um minucioso estudo sobre o meu público-alvo para identificar onde eles estão. Produzo conteúdo relevante nas mídias sociais, além de trabalhar na assessoria de imprensa da marca.

Qual produto faz mais sucesso na sua loja?
Das minhas criações, o vestido estilo ladylike, típico dos anos 50, com decote coração e saia godê, tornou-se um clássico da marca. Tanto é que intitulamos de “Vestido Clássicos”. As estampas inusitadas como as de cerejinhas, pimentas e cupcakes, também deram uma bossa a mais no modelo. Em toda coleção temos ele com uma estampa e/ou detalhe diferente. O bom acabamento e modelagem que funciona bem para todos os tamanhos, desde o PP ao GG com certeza são os motivos para o sucesso.

Qual conselho daria para alguém que está começando a vender suas criações online?
O conselho que dou para quem está começando a vender as criações online é ter uma identidade e ser fiel a ela. Crie um nome que sintetize o DNA da marca e acredite no poder da internet. É a chance que o usuário desse serviço tem de vender ao país inteiro sua criação, aproveitar deste artifício e utilizá-lo da melhor forma. Sobretudo dando atenção ao seu cliente, enviando a mercadoria o mais rápido possível para que haja credibilidade na loja virtual.

Quais são os planos para o futuro?
Pretendo continuar vendendo pela loja virtual e também abrir uma loja física.

Quais artesãos do Elo7 você gostaria de ver por aqui?
Candy Arts
Fifi
Jaqueline Navegantes

(crédito das imagens: Gabrielle Monteiro)

bool(false)
Professora de costura e fã dos artesãos que fazem parte desta comunidade incrível de criativos. Compartilha o amor por costurices em seu blog, A Costureirinha. Não resiste a um ronrom e é viciada em aviamentos e tecidos coloridos.

Veja mais posts deste autor.