Home | Gente que Inspira | Entrevista | Lojista em destaque: Sumara, da Arte de Amor Artesanatos

Lojista em destaque: Sumara, da Arte de Amor Artesanatos

post-abre

Muito prazer! Eu sou a Sumara Ghizze Pio e minha loja é a  Arte de Amor Artesanatos. Atualmente moro em São Pedro – SP, bem pertinho das águas famosas por suas propriedades medicinais!

Paixão pelas artes desde a infância  

Desde menina faço artesanato. Minha mãe ensinou tricô e costura e minha avó crochê. Ainda pequena confeccionava vestidos de bonecas para vender. Já adolescente através do crochê fazia bolsas, coletes e cintos para amigas. Na onda hippie, fazia as franjas e a rusticidade do trabalho com barbante. Mais adiante, em tricô e crochê, produzia cachecóis. Alguém me fez o desafio de fazer uma galinha com os pintinhos em um avental tipo country, depois vieram galos, vaquinhas, bonecas e outros. Desafios me apaixonam! Então parti para outros nichos do artesanato: móbiles em tecido e pedrarias. Preocupada com muita sobra de tecidos, comecei a utilizá-las em topiaria fazendo flores, depois flores de fuxico de todas as formas e variedades aplicadas em móbiles, guirlandas, bolsas etc.

post-sumara1

 A técnica de criar… técnicas!

Minhas técnicas são variadas, as tenho como no horizonte e procuro fazer releituras frequentes para me atualizar. Misturo e incorporo novas técnicas, desde o bordado, tapeçaria, topiaria, trançado, costura, patchwork, pintura, decoupagem, e, dessa forma, vou imitando  a miscigenação das raças do nosso país. Meu objetivo é que o cliente desperte sua percepção no toque, no visual, no formato, na textura, na leveza e que ele sinta o amor e carinho em cada peça executada. Como podem ver, não há uma técnica única ou básica, mas um desdobramento de diversas delas que trazem à lembrança momentos de prazer, emoção e reflexão.

post-sumara2

Considero ter um dom para a arte. Cursos práticos, foi um ou outro de curta duração. Aprendo até hoje especialmente pelos livros, invisto muito nisso e assim me atualizo. Aprecio os trabalhos disponibilizados nas redes sociais que muitas vezes despertam minha criatividade.

A satisfação em empreender

Além de ajudar no sustento, o prazer de fazer o que amo me dá uma sensação de ascensão. Parece que flutuo na hora do envolvimento com o que estou criando. Dou o melhor de mim sempre. Tudo tem um pouco de mim. Se o cliente apreciar e se encantar, então chego no auge da alegria e satisfação, pois sei que aquele objeto vai encantar a vida das pessoas onde ele estiver.

A primeira dificuldade foi ter que restringir tantas ideias que fervilhavam em minha cabeça. A gama de possibilidades é tão grande que fica difícil optar pelo que fazer no momento e o que deixar para depois. Outro desafio para um início são as rejeições, mas estas, aos poucos, vão nos ensinando a vencer a primeira que mencionei, pois definem mais e melhor, as escolhas do que devo fazer.

No início encarava minhas criações apenas como um hobby, mas a medida que fui me envolvendo e me apaixonando por tudo, passou a ter um volume maior de dedicação e comprometimento de tempo. Hoje participo de feiras, bazares, exposições em diversas cidades de São Paulo. Agora, minha arte é minha principal fonte de renda.

 Bagunça organizada!

Bem, para quem olha de fora, talvez ache meu ateliê bagunçado, porém é necessário que fique assim durante o processo criativo, pois, tudo precisa estar à vista, ao meu redor. É importante visualizar cor, linha, tecido, acessórios a fim de que nada escape à possibilidade de aplicação ou à ideia mental formada. É uma bagunça bem organizada, pode crer!

 O xodó do momento

Amo tudo que faço e crio. Mas, agora estou me dedicando a tapeçaria e bordado na confecção de bolsas em lona resinada. Bolsa é minha paixão, então, estou buscando criar todas bem diferenciadas, exclusivas, objetos de desejo e únicas. Cliente gosta de exclusividade!

post-sumara3

Admiração pelos colegas #foradesérie

Sou fã de alguns vendedores do Elo7, como a  Tecidinhos Jaqueline Lopes, que possui uma variedade grande de tecidos, Cris Enfeites, que  tem coisas lindas e o Ateliê LukaBrasil, que está cheio de objetos de decoração em esmalte pintado.

Quer conhecer um pouco mais do meu trabalho? Visite minha loja e deixe sua opinião aqui nos comentários! Sua visita será muito bem-vinda!

bool(false)
Nutricionista de profissão e crafter de coração. Mãe da princesa Maria Alice. É boa de garfo, ama música e não resiste a um garimpo de decor. Cria os acessórios da Flor de Cris e da A Decoradeira. Sempre indecisa, na dúvida acaba levando os dois.

Veja mais posts deste autor.

11 comentários

  1. Olá Querida Sumara, Estou super feliz por ver sua entrevista. Adorei te conhecer um pouquinho melhor e ver o quanto é dedicada e talentosa na arte que faz. Espero que suas vendas aumente cada vez mais e desejo muito sucesso. Parabéns pela linda entrevista. Jaqueline Lopes

  2. Agradeço o carinho e atenção da Equipe Elo7 e redatora, eu como muitas artesãs sentimo-nos reconhecidas e “Fora de Série” quando entrevistadas por vocês, que Deus abençõe grandemente o trabalho da Elo7 e de toda a sua equipe. Muito obrigado e que mais e mais artesões estejam presentes e divulgando suas trajetorias, incentivando assim muitos outros. Sumara – Arte de Amor Artesanatos.

  3. Bom dia Sumara! Em rprimeiro lugar, quero cumprimenta-la pelo trabalho e dizer que me identifico muito com você. Sempre gostei de artesanato, mas por conta de trabalhar fora, nunca tive muito tempo. Há um ano estou me dedicando a aprender coisas novas, e fico fascinada com o universo de maravilhas que podemos criar. Diversifico muito meu trabalho e ainda não me fixei em algo que seja definido. Procuro aqui e ali por novidades e me encanto. Vou continuar a te seguir para admirar e também tirar algumas idéias. Parabéns!

  4. Selma fico muito feliz em saber que você esta se descobrindo e buscando novas criações, se me permite um pequeno conselho e experiência lhe digo que no começo a gente vê tantas possibilidades, quer fazer tantas coisas e vai fazendo mesmo, tudo isto é parte de um aprendizado pois tbem passei por isto, mas vai chegando um momento em que você começa a se identificar com determinada “arte” e ai vai focando só nisto, digo-lhe que tudo é um aprendizado é preciso que passemos por varias áreas para nos fixarmos naquilo que gostamos de fazer, siga em frente e não desanime, aceite as criticas pois elas nos ajudam a melhorar e dar no nosso melhor no próximo trabalho, que Deus lhe abençoe grandemente. Beijocas, Sumara

  5. Olá Sumara, identifique-me com você ,arrisco de tudo um pouco,sinto que o meu tempo seja curto para tantas idéias.
    Abração
    Edna

  6. Sônia Regina de Macêdo Silva

    Felicidades por este momento que estais vivendo! Amei sua entrevista! Meu atelier tbm parece uma bagunça, mas só eu sei onde está tudo que preciso! Gosto tbm de vártias técnicas com influência em sustentabilidade ecológicamente correta, em feltro e tecido! Guardo tudo, até um retalhinho de feltro ou tecido,pois acho que vou utilizá-lo no futuro. Minha família fala que guardo sem precisão essas coisas de vidro ,pet, etc…. Mas vou em frente!
    Abraço!
    Sônia.

    • Sonia, achei uma companheirinha que também guarda tudo, achei que era neura minha, já vi que não é, tbem guardo retalhinhos, sempre pode-se usar ou re-aproveitar, tem muitas técnicas que a gente pode re-utilizar. Grande beijo e sucesso!

  7. Edna, somos todas iguais, muita criatividade, muita vontade mas o tempo acaba ficando curto para as inumeras experimentações e técnicas, sugiro que vc procure focar, mais ou menos assim, tecido (todas as possibilidades), pintura (todas as possibilidades), decoupage (todas as possibilidades), enfim e ai vai…com o tempo vc vai se identificar com uma técnica ou material ai seu tempo ficara mais focado nisto, apenas uma sugestão, pois também no começo ficava meio doidinha, tudo era lindo e tudo eu queria fazer, kkkk beijocas e vá em frente.

  8. Que Saudades Sumara, gostaria de conhecer sua loja, onde fica…bjos