Home | Gente que Inspira | História legal: Tricolícia e os gorrinhos em família!

História legal: Tricolícia e os gorrinhos em família!

Nossa redação adora ouvir histórias especiais de quem está do lado de lá, ou seja, dos nossos lojistas e seus clientes ao conhecerem e se encantarem com as criações. E a Cristiane Rufino da marca Tricolícia está certa: “só quem é artesão sabe a satisfação que dá  ver sua peça sendo apreciada”. É justamente sobre esta sensação e a satisfação de receber registros com os seus produtos que ela escreveu pra gente.

No comecinho 

O flerte entre os gorros da Cristiane e as clientes e irmãs Layane e Greyce teve início em 2011, justamente no começo da sua loja Tricolícia, quando apenas dois gorrinhos ficavam expostos em sua vitrine. A Cristiane conta que foi a Layane que a procurou com um pedido especial: “um gorrinho cupcake granulado para seu filhote e um outro para ela, já que estavam de viagem marcada e que gostaria que sua irmã, a Greyce, que estava estudando fotografia, registrasse o momento dos dois na Argentina.” O pedido era irrecusável e foi realizado.

Logo depois da estada, chegaram à caixa de entrada da Cris fotos lindas e com a permissão de serem usadas para a divulgação. Para a lojista ainda no início, ela conta que o material e a credibilidade foram fundamentais para aumentar os pedidos e vendas.


Outros modelos caprichados da Tricolícia. Tem mais vários aqui.

O namoro continuou

Depois do pedido da viagem, o contato gerou novos frutos… Era a vez de um desafio para a artesã Cristiane. A já fotógrafa Greyce começava seus ensaios e a irmã Layane encomendou à Tricolícia uma porção de gorrinhos diferentes para presenteá-la. A ideia era que a irmã tivesse o figurino necessário para enfeitar os bebês.

Mais uma vez, pedido feito, encomenda entregue! Foram vários gorrinhos, muitas fotos e mais novas levas periodicamente para enriquecer o estoque. Para a sorte da Cristiane, fotos lindas da Greyce sempre chegam e com elas, novos pedidos de mães, avós e madrinhas que se encantam com as possibilidades.

A turma cresceu

Para deixar essa história ainda mais especial, uma notícia recente que animou a Cristiane: “Alguns meses atrás fiquei sabendo que a Lay estava grávida, e de quadrigêmeos! Fiquei muito feliz e já estou providenciando um kit de gorrinhos pra enviar para os pequenos, afinal bebês vindo de uma família tão importante assim para a Tricolicia não podem ficar sem gorrinhos, né?”

É ou não é motivador ficar sabendo destes relatos? A nossa equipe agradece a atenção da Cristiane e também disponibilidade das clientes satisfeitas que permitiram a publicação das fotos. :) Que venham mais histórias como essa!

Créditos das imagens: Greyce Coli

bool(false)
Com antena ligada para novidades e tendências 7 dias por semana, paulistana vivendo em Ilhabela, é produtora de conteúdo criativo freelancer há seis anos, formada em Publicidade e Propaganda na ECA-USP, com especialidade em mídias digitais pela FGV. Autora do blog Colacorelinha , redatora do Blog do Elo7, gerenciadora de marcas na web e fã convicta de suculentas e sua força.

Veja mais posts deste autor.

7 comentários

  1. Cris-Tricolicia

    Pessoal, muito obrigada pela oportunidade de contar um pouquinho sobre a historia da Tricolicia! Ficou linda a matéria!
    Bjao

  2. Cris-Tricolicia

    Pessoal, muito obrigada pela oportunidade de contar um pouquinho sobre a historia da Tricolicia! Ficou linda a matéria!
    Bjao

  3. Cris-Tricolicia

    Pessoal, muito obrigada pela oportunidade de contar um pouquinho sobre a historia da Tricolicia! Ficou linda a matéria!
    Bjao

  4. Joana Ludwig

    Que legal! Depois tem que mostrar as fotos dos quadrigêmios, héin!

    Muito sucesso pra Cris e sua Tricolícia!

    Bjs.

    Jo

  5. Que legal! Depois tem que mostrar as fotos dos quadrigêmios, héin!

    Muito sucesso pra Cris e sua Tricolícia!

    Bjs.

    Jo

  6. Que legal! Depois tem que mostrar as fotos dos quadrigêmios, héin!

    Muito sucesso pra Cris e sua Tricolícia!

    Bjs.

    Jo