Home | Negócio Criativo | Desenvolva seu Negócio | Artesanato irresistível: 5 Dicas para sua loja

Artesanato irresistível: 5 Dicas para sua loja

Artesanato irresistível: 5 Dicas para sua loja

Como tornar meu artesanato irresistível e diferenciar a minha loja? Vender as suas peças artesanais pode ser um grande desafio se você não entender o básico sobre marketing e vendas. Você precisa estar antenado em alguns conceitos simples, que irão tornar suas peças atraentes, transformar a imagem do seu produto e impulsionar suas vendas. Agora, você deve estar pensando que é preciso ser um expert nessas áreas para se dar bem vendendo a sua arte. Na verdade, é mais fácil do que você imagina! Você vai conhecer nesse artigo alguns princípios essenciais para o seu negócio, que irão facilitar a sua vida!

Eu vou falar um pouquinho sobre os pontos chaves de uma boa oferta, o que destacar em suas peças e quais os passos a seguir. Isso vai te ajudar a vender mais e a desenvolver melhor o seu trabalho.

1. Uma boa oferta é fundamental

Antes de tudo, é necessário que você entenda o que é uma oferta adequada. Quando falo de oferta não estou me referindo às promoções ou descontos, nada disso. A oferta é a forma como você oferece a sua peça ao cliente, a maneira como você passa as informações a ele. Em outras palavras, é como você chama a atenção do seu público para o que você tem a oferecer. Isso faz toda a diferença na venda, é algo realmente poderoso, se for usado da forma adequada.

Geralmente, os artesãos focam nas características das peças como, por exemplo, a cor, o material usado na confecção, a técnica aplicada, etc. Isso é importante, mas não deve ser o foco da sua mensagem de vendas. Antes disso, é necessário vender a ideia da sua peça, ou seja, os benefícios que o cliente vai ter ao adquiri-la. Se você faz álbuns de casamento artesanais, por exemplo, pode dizer que aquele álbum foi feito 100% à mão, que é ideal para guardar as melhores recordações de um momento tão importante na vida do cliente.

Você deve estimular as emoções do cliente, despertar sensações e o desejo pelo seu produto. É aí que surge a necessidade do cliente pela sua peça, já que as pessoas compram por meio da emoção e justificam a compra utilizando a razão.

O fato é que o cliente vai comprar a sua ideia e não o produto em si. Pode até parecer estranho o que estou falando, mas estamos a todo momento comprando ideias e não apenas objetos. Tenha sempre isso em mente e você vai aumentar as vendas das suas peças substancialmente. Pense sempre nas emoções, na mensagem que você vai passar a quem visualizar a sua peça. Reflita sobre qual solução o seu artesanato oferece ou qual desejo ele supre. Tenha sempre em mente que você deve criar produtos que atendam a necessidade dos seus clientes, mesmo que implicitamente. Afinal, se o seu artesanato é muito simples, sem emoção envolvida na compra e não oferece uma solução para um problema em específico, sugiro que avalie melhor a sua linha e repense a sua estratégia.

2. Capriche na descrição e na foto

Esse trabalho de vender a ideia, de focar nos benefícios da peça e conectar seu produto com o cliente pode ser feito através da descrição em sua loja no Elo7. Descreva todas as características, dimensões, materiais, tamanho e outras informações que você julgar relevantes. Tire várias fotos de seus produtos de vários ângulos e formatos diferentes de forma a mostrar o máximo de detalhes possível, suas dimensões, características, etc. Você pode até demonstrar exemplos de utilização, como criar looks com peças de roupa ou acessórios, sugestões de decoração, etc.

3. Conte a sua história

Vimos que é necessário despertar emoções no cliente para vender as suas peças. Uma maneira muito legal de fazer isso é contando a sua história. Uma peça artesanal sempre nasce cheia de histórias interessantes, que se confundem com a sua própria história. Então, compartilhe isso! Essa é a alma da sua peça, não deixe se perder!

4. Mostre depoimentos

Uma outra maneira superinteressante de persuadir o seu cliente para fazer a venda é mostrando a opinião de outros clientes sobre o seu produto. Isso tem o nome de prova social e tem muito a ver com as nossas características comportamentais. Quando várias pessoas estão fazendo alguma coisa, nós temos a tendência de seguir esse mesmo comportamento. Isso é algo natural, que fazemos o tempo todo, sem perceber. Então, se há várias pessoas comprando as suas peças e elogiando o seu produto, certamente o cliente perceberá que aquilo é algo bom e que ele também pode comprar sem medo, já que outras pessoas compraram e aprovaram.

5. Mãos à obra!

Agora que você já viu no que deve focar ao apresentar o seu produto, é hora de colocar a mão na massa. Revise a sua loja virtual, verifique se você está aplicando essas estratégias na descrição dos produtos e tenha sempre em mente os conceitos acima. Estude cada um desses pontos e tenha isso fixado em sua mente. Sempre que for falar do seu produto, dê o foco correto. Se você seguir esses passos as suas peças se tornarão um objeto de desejo e atrairão clientes automaticamente. Você vai perceber claramente a diferença na reação das pessoas e também nas vendas.

E você? O que faz para tornar o seu artesanato irresistível? Conte aqui nos comentário!

Imagem da capa: Arranjo para cabelo Atelier Girardi

bool(false)
Fernando Oliveira é o criador do blog Revista Artesanato, um dos maiores sites de artesanato do Brasil e do portal de cursos online Artesanato.com. Hoje se dedica a criar cursos de capacitação para artesãos que querem transformar o seu hobby em um ótimo negócio.

Veja mais posts deste autor.

7 comentários

  1. Que maravilha de dicas, muito obrigada

  2. Valeu Fernando sempre dando ótimas dicas!

  3. Ótimas dicas!!!! obg!!! :)

  4. boa noite! muito obrigado Fernando. achei muito interessante e útil todas as dicas.

  5. Adorei as dicas.

  6. Vitoria Costa

    Perfeito, adorei!

  7. Boa Fernando, muito legal as dicas principalmente da prova social, eu fico muito feliz quando recebo uma avaliação bem emotiva dos meus clientes e faço disto um atrativo para os meus produtos.