Home | Negócio Criativo | Desenvolva seu Negócio | É hobby, estilo de vida ou profissão?

É hobby, estilo de vida ou profissão?

É hobby, estilo de vida ou profissão? Hoje eu vim conversar com você sobre alguns pontos que sempre me perguntam sobre o artesanato, cada pessoa tem seu estilo de vida, profissão, gostos etc. Eu brinco que não tinha como eu não fazer artesanato. Em casa, desde sempre eu vi minha mãe fazer e para mim é natural que eu fizesse junto. Nós não fazíamos para vender, era sempre um presente, vez ou outra uma encomenda. Mas independente disso sempre existiu o hábito e ai eu faço uma pergunta para você. O artesanato é hobby, estilo de vida ou profissão?

É hobby, estilo de vida ou profissão?

É hobby, estilo de vida ou profissão?

É difícil responder a partir do momento que se torna algo cotidiano e rotineiro. Mesmo que fazendo só para ter suas próprias coisas, é estranho explicar mas se torna algo “seu” e ai não tem como. Se ele já faz parte de você a tendência é cada vez mais você se interessar pelo tema, ir atrás de ideias, pesquisar lugares, etc.
Acredito que as pessoas que trabalham com artesanato, tem uma visão um pouco diferente até mesmo um pouco mais corporativa sobre assunto. Tenho uma conhecida que fez tanto crochê que chegou uma hora que não aguentava mais olhar para linha e agulha. Acontece, né? Por isso, se não existisse o “gosto pela coisa” rapidamente a pessoa que trabalha com artesanato mudaria de profissão ou técnica.

Me conta aqui nos comentários, você já passou por essa fase? As vezes se pega pensando nisso também? No meu caso, por mais que seja minha rotina, eu não consigo ter essa percepção. Tento buscar novas referências e pesquisar sobre temas de fora desse mercado para ter ideias diferentes. Por isso, fica a dica para você cultivar alguns outros hobbies e até mesmo usar o artesanato para te ajudar a espairecer a mente caso ele não seja sua profissão.

As novas gerações já vem com essa ideia do faça você mesmo bem enraizada. Os movimentos de conscientização nos levam a refletir e consequentemente ir atrás de alternativas feitas com as próprias mãos. Tudo isso na busca de diminuir o impacto de produção industrial no mundo. E esse é um ponto que vale muito a pena pensar. O que estamos aprendendo com essa nova geração que vem nos mostrar um novo olhar sobre os hábitos de vida, de consumo e de conceitos?

Tá vendo como é difícil responder aquela pergunta que te fiz no começo do texto? O mundo está cada vez mais integrado e nos dizendo que somos exatamente o que consumimos, o que vivemos e fazemos. Não dá mais para pensar que das 8h às 17h somos “profissionais” e o resto é vida pessoal. Para encerrar, o que você acha? Tem buscado novas referências? Pesquisado sobre assuntos diferentes?

Me conta aqui nos comentários! Você já viu os outros posts que já escrevi aqui no blog do Elo7? Confira aqui!

Um beijo!

bool(false)
Bruna Abecia
Publicitária de formação, ama fazer artesanato, garimpar ideias, inspirações e escrever sobre o cotidiano relacionado ao assunto. Gosta de testar técnicas diferentes mas suas favoritas são as que fazia com a sua mãe desde pequena e acredita que a vida se torna mais fácil quando aceitamos nossas origens e quem realmente queremos ser. Escreve aqui no Blog e no Eu Amo Fazer Artesanato.

Veja mais posts deste autor.

9 comentários

  1. Hobby, estilo de vida e profissão, hehehe.
    Eu desde criança tive muito contato com artesanato, minha mãe costureira e eu sempre ali no pé da máquina de costura a vendo criar e usando os retalhinhos pra também mandar minha imaginação pra longe, aqui penso que era estilo de vida. Cresci e passei a montar festa de crianças/filhos de amigos, mas sempre por hobby, nunca quis cobrar, na verdade era meu presente de aniversário para eles e por fim nos últimos 4 anos, fui acometida de uma doença rara, a empresa me demitiu e quase entrei em depressão por me sentir inútil, e lá veio o artesanato me resgatar e quando eu notei que as pessoas queriam ter um mimo meu feito a mão não perdi tempo, abri minha loja na Elo7 e comecei a ver uma profissão valorizada e que faz tão bem.
    Assim como você, acredito que está tudo interligado, e amo esse mundo.

    • Hehehe não tem jeito, está tudo ligado mesmo e que legal que o artesanato te ajudou. Espero que você tenha se recuperado e que faça boas vendas. Beijos!

  2. Bem comecei como hobby e agora virou profissão, tenho até uma loja no Elo 7 o nome é Cassia e Arte e acordo e durmo pensando em artesanato e amo o que faço!

  3. Tenho feito artesanato desde adolescente. Minha mãe e vó sempre fizeram. Tá no sangue. Tenho duas faculdades e hoje me considero artesã e artista. Faço crochê. Pinto aquarelas também. O problema é que tenho dificuldade em vender. Tenho loja no elo7, no Society 6 e Colab55. Tenho fan page mas nenhum retorno financeiro dela, tenho blog também. Realmente, não sei no que posso melhorar para atrair mais clientes.

  4. Pois é, eu tenho uma história um pouco diferente. Não convivi com artesanato, minha mãe às vezes, consertava ou fazia alguma peça de roupa para família, mas era raro. E eu não chegava nem perto da máquina de costura. Quando fiquei desempregada hás uns 08 anos atrás descobri minha “veia artística”, comecei com pintura em MDF e depois o Patchwork me encantou, abri loja no Elo 7. Estou sempre atrás de cursos e dicas para me aprimorar. Mas o que me complica mesmo são vendas. Tenho algumas dificuldades para lidar com isto.

    Obrigada pelas dicas
    Maria José
    Artes da Mana/ Elo 7

  5. Bacana Maria José, espero que tenha sucesso com as técnicas escolhidas e obrigada por comentar. Beijos!

  6. Bem, é um pouco de tudo mesmo né… mas no meu caso, o hobby virou profissão: sou mais um exemplo clássico que largou uma multinacional pela maternidade, mas que não quis ficar parada. Minha formação tem ênfase em eventos e sempre amei festas e criatividade, mas odiava chás e qualquer coisa com brincadeiras, até o dia que eu mesma fiz um do meu jeito, e mais um, e mais um, e virou uma paixão que virou negócio próprio. Tem muito caminho ainda pela frente, a rotina é corrida, mas já pago as contas da empresa sem tirar do próprio bolso, reinvisto um pouco e ainda sobra um pouquinho para mim e pra casa =) convido vc a conhecer na elo7.com.br/inventosemeventos um grande abraço!