Home | Negócio Criativo | Desenvolva seu Negócio | Especial Preço: quanto custa o seu negócio criativo?

Especial Preço: quanto custa o seu negócio criativo?

No mês passado publicamos o primeiro post da nossa série sobre preços, falando sobre analisar o valor do seu produto. Os comentários viraram um debate sobre ética no artesanato, cópias, originalidade, formação de preço. Ufa! Trata-se de um assunto  quente e nós estamos longe de ter a palavra final, mas acreditamos que trocar informações com vocês pode esclarecer um pouco mais os nossos artesãos sobre a importância que o preço exerce em seus produtos.

No post anterior falamos sobre o primeiro passo que devemos fazer antes de começar a pensar em precificar nossos produtos: buscar a qualidade e a originalidade em tudo o que fazemos. Em poucas palavras, se o seu produto é bom e original você já tem o essencial para começar um negócio criativo de sucesso. O segundo passo é pensar nos custos e despesas do seu negócio criativo.

Olhe para uma de suas criações e antes de pensar em quanto cobrará dos seus clientes, faça a si mesmo(a) essa pergunta: quanto custa produzir esta peça?

Não pensar em todos os custos básicos dos produtos é o erro número um de muitos artesãos quando vão precificar. O valor final do produto vai depender da soma de diversos custos e despesas, como: matéria-prima, mão de obra, impostos, porcentagem sobre a venda, contas básicas (luz, internet, água, gás, telefone, aluguel), imprevistos, material de escritório, embalagens e por aí vai.

Definir o custo de um produto é relativamente  fácil, mas requer de muita atenção. Vamos começar? Vamos entender o que significam os conceitos mais básicos que envolvem a formulação de qualquer preço: custos fixos, custos variáveis e lucro.

Custos fixos
São todos aqueles custos que, independente de realizar ou não suas vendas, terão que ser pagos. São eles: aluguel, água, telefone, internet, gás, contador, impostos, seguro, registro de domínio, entre outros.

Custos variáveis
Todos os custos que variam de acordo com o volume de venda ou produção. Simplificando, são aqueles custos que irão aumentar ou diminuir se você aumentar ou diminuir suas vendas. Matéria-prima, embalagens, taxas sobre as vendas como Moip ou Paypal, ou comissão para vendedores, bazares e lojas físicas, gastos com propaganda, combustível ou transporte e muito mais.

Lucro
É tudo que excede da sua receita retirando-se os custos. Simplificando, é aquela quantia  “livre” que você receberá a cada produto vendido. O lucro é a razão de ser de qualquer negócio, seja ele grande, médio ou pequeno, como no caso dos artesãos. É com esse dinheiro que você poderá reinvestir no seu negócio, ter rentabilidade e perspectiva de crescimento.

Os conceitos são fáceis, né? Agora para saber aplicá-los na prática, pedimos ajuda a Júlia, uma artesã fictícia, super dedicada que também está aprendendo a calcular seus custos para precificar seus produtos. Essa é sua história:

Júlia vende broches de feltro bordados à mão. Ela trabalha durante o dia como designer em uma agência de publicidade. Durante a semana ela dedica 3h por dia de trabalho ao seu negócio criativo, mais 6h aos sábados, totalizando 84h mensais. Sua loja se chama “Broches da Júlia” e fica em uma mesa no canto da sala junto com seus suprimentos, ferramentas, luminária, máquina fotográfica e notebook. Esta é a estrutura do negócio criativo de Júlia.

Quando está trabalhando, além dos materiais necessários para fazer as peças ela utiliza energia e internet para responder às clientes por e-mail e divulgar seus produtos em seu blog. O telefone também é utilizado, mas não muito. Uma vez ao mês ela vai de táxi ao centro comercial comprar feltro, linhas, botões e novas agulhas, contas, cola para tecido, presilhas e pesquisa novos materiais para trabalhar, gastando R$40 nesse percurso. Estes são os dados básicos que Julia usa para calcular os custos fixos.

Na ida ao centro comercial ela também compra embalagens, tags, sacolas, etiquetas, caixas e investe até R$50 para a compra de novos materiais. Assim ela economiza, pois sabe que comprar matéria-prima “picado” gera gastos maiores. Estes são seus custos variáveis, pois dependendo da quantidade de encomendas ela compra mais ou menos materiais, e os preços variam de acordo com o mercado.

Ela posta seus produtos na hora do almoço em uma agência dos correios próxima do seu trabalho, assim não tem mais gastos com transporte. Ela já registrou seu pequeno negócio pelo MEI, assim paga apenas uma taxa fixa de impostos e tem todas as vantagens de estar com um negócio regularizado. Estes custos também são calculados.

Para calcular seus custos e despesas fixos ela fez a seguinte planilha:

tabela1

Os dados são todos fictícios (assim como a Júlia), mas baseados nos valores atuais de mercado. Veja abaixo os detalhes de como chegamos a alguns dos valores na tabela acima, para que você possa montar a sua:

Registro de domínio: para ter o endereço personalizado na internet (ex: www.brochesdajulia.com.br), Júlia paga uma taxa anual de R$ 30. Para ter o custo mensal dividimos estas taxas por 12.

Impostos (MEI) e taxas bancárias: se você paga impostos, contador, ou qualquer outra taxa para ter o seu negócio criativo, tudo isso deve ser computado. Se você tem uma conta exclusiva para seu negócio criativo coloque o valor total, caso não seja coloque o valor proporcional ao seu uso para os seus produtos

Internet, Luz, Celular e Aluguel: um dos principais erros de quem trabalha em casa é misturar as contas pessoais com as profissionais. Divida as contas mensais pelo número de horas existentes no mês (720). Assim, você descobre o valor/hora de cada conta. Multiplique o valor encontrado pelo número de horas que você efetivamente está trabalhando (no caso, Júlia trabalha em casa apenas 84h mensais). Atenção: esta é uma forma simplificada de encontrar o valor real destes gastos. Você pode calcular estes valores mais detalhadamente, principalmente se você trabalha o tempo inteiro em casa. Se este for o seu caso, calcule apenas a estrutura que utiliza (ex: o consumo elétrico dos seus aparelhos) para não acabar tendo um custo fixo maior do que o real e acabar comprometendo no valor dos seus produtos. Afinal, aquele banho quente e demorado do marido e o ferro que passa a roupas de toda a família não entram  nas contas do seu negócio, não é mesmo? ;)

Seu salário: Pesquise quanto ganha alguém na sua profissão principal (vai depender da técnica que você utiliza) ou utilize tabelas de piso salarial disponíveis na internet como referência. Faça a seguinte pergunta: o que você deseja obter com o seu negócio criativo? Uma renda extra para auxiliar em casa? Dinheiro para cobrir seus custos com estudos? Ou a sua fonte principal de renda?

Dependendo da sua resposta, estipule (isso mesmo, defina você mesma!) um valor que acha justo (e real) para ser o seu salário.

Divida esse valor pelo número das horas de trabalho que você dedica ao seu negócio criativo. No caso de Júlia, como os broches são apenas uma renda extra, ela estipulou que apenas um salário mínimo por mês como salário satisfaz as suas expectativas (este valor pode mudar de acordo com a sua necessidade).

Atualmente o salário mínimo é R$ 724,00. Dividindo esse valor pelas 84 horas de trabalho mensais que ela dedica ao seu negócio criativo, temos o valor de R$8,62/hora. Este é o valor da hora de trabalho dela (é legal saber de cabeça o valor/hora do seu salário para poder reavaliar este valor sempre que se dedicar mais horas do que o estipulado e quem sabe fazer reajustes de acordo).

Depreciação: é um nome complicado para algo muito simples. Quando usamos nossas máquinas e ferramentas para produzir peças elas sofrem um desgaste natural.

Com o tempo, o uso constante resulta na quebra, e temos duas opções se isso acontece com algo que necessitamos para trabalhar: manutenção ou compra de um aparelho novo. Sugerimos que você calcule a taxa de depreciação dos seus produtos e inclua esse valor mensalmente em uma poupança para poder realizar a manutenção ou compra caso isso aconteça. Imagine que a sua máquina de costura quebra bem no mês em que você teve poucas vendas. O que poderia ser um desastre financeiro pode ser somente um contratempo se você se prevenir. Pense nisso! ;) Para calcular, pegue as suas principais ferramentas de trabalho e aplique a fórmula:

depreciação =  valor de mercado – valor residual
                    vida útil

Máquinas pesadas – 10 anos
Máquinas Leves – 5 anos
Veículos – 5 anos
Móveis e utensílios – 5 anos
Microcomputadores e eletrônicos – 5 anos

valor de mercado = valor de mercado da ferramenta/máquina
valor residual = valor que você conseguirá vender as suas máquinas ou ferramentas usadas ou quando estiverem obsoletas
vida útil = vida útil estimada das suas máquinas ou ferramentas (em anos)

De móveis e utensílios, Júlia utiliza: duas tesouras, uma mesa, uma cadeira e uma luminária. De eletrônicos: um notebook e uma máquina fotográfica.

O valor de mercado destes móveis e utensílios somados dá:  R$100 + R$500 + R$200 + R$150 = R$950. O residual total: R$ 475. A vida útil: 5 anos.
Aplicando a fórmula, a depreciação anual é de R$ 95. Dividindo por 12 meses dá R$  8

O valor de mercado dos microcoputadores (eletrônicos) somados dá: R$2.500 + R$800 = R$3.300. O residual total: R$ 1.650. A vida útil: 5 anos.
Aplicando a fórmula, a depreciação anual é de: R$ 330. Dividindo por 12 meses dá R$ 27,50

Material de escritório: estes irão variar de negócio para negócio, mas são todos os materiais que são básicos para a empresa poder realizar atividades como papel, canetas, lápis, cartucho de tinta, etc. No caso de Júlia, além destes utensílios ela inclui alfinetes e agulhas pois seguem esse princípio.

Papel, caneta, calculadora ou um computador em mãos? Liste os seus custos fixos, tire suas dúvidas nos comentários e aguarde o próximo post onde iremos explorar os custos variáveis e o lucro de Júlia.

OBS: Para calcular os custos dos produtos existem muitas maneiras e estamos longe de sermos referência no assunto. Estas instruções têm o intuito de auxiliar quem está começando a se aventurar nesse universo de maneira didática e direcionada aos artesãos. Para quem já é craque ou quer se aprofundar mais, sugerimos uma visita ao SEBRAE mais próximo ;)

Sempre que precisar, consulte também nossa ajuda online.

Boas contas!

(os broches “da Júlia” na verdade são da artesã Yali, o ateliê é do blog Dcoração e a tesoura de Andrew Bolin)

bool(false)
Professora de costura e fã dos artesãos que fazem parte desta comunidade incrível de criativos. Compartilha o amor por costurices em seu blog, A Costureirinha. Não resiste a um ronrom e é viciada em aviamentos e tecidos coloridos.

Veja mais posts deste autor.

112 comentários

  1. que post bacana… muito interessante e bem embasado… adorei!

  2. que post bacana… muito interessante e bem embasado… adorei!

  3. que post bacana… muito interessante e bem embasado… adorei!

  4. E lembrando, o registro de domínio é uma taxa anual, mas tem a taxa de hospedagem mensal, que na Locaweb por exemplo, é 29,00.
    Também acho devido incluir as taxas e tarifas que o PagSeguro cobra dos lojistas, que aliás são bem altas, chegando a 6.4%, que a maioria das artesãs não inclui no valor final de seu produto.

    bjs, bons negócios!

    • Delicale, você tem razão, é necessário incluir também a taxa de hospedagem. Cada artesão terá um valor diferente para inserir na sua tabela pessoal, esta é a da Júlia.

      Agora, a taxa do PagSeguro entrará na planilha de CUSTOS VARIÁVEIS pois ela só é cobrada após a venda de um produto, portanto varia de acordo com o volume de vendas. ;) No próximo post falaremos sobre esse assunto.

  5. E lembrando, o registro de domínio é uma taxa anual, mas tem a taxa de hospedagem mensal, que na Locaweb por exemplo, é 29,00.
    Também acho devido incluir as taxas e tarifas que o PagSeguro cobra dos lojistas, que aliás são bem altas, chegando a 6.4%, que a maioria das artesãs não inclui no valor final de seu produto.

    bjs, bons negócios!

    • Delicale, você tem razão, é necessário incluir também a taxa de hospedagem. Cada artesão terá um valor diferente para inserir na sua tabela pessoal, esta é a da Júlia.

      Agora, a taxa do PagSeguro entrará na planilha de CUSTOS VARIÁVEIS pois ela só é cobrada após a venda de um produto, portanto varia de acordo com o volume de vendas. ;) No próximo post falaremos sobre esse assunto.

  6. E lembrando, o registro de domínio é uma taxa anual, mas tem a taxa de hospedagem mensal, que na Locaweb por exemplo, é 29,00.
    Também acho devido incluir as taxas e tarifas que o PagSeguro cobra dos lojistas, que aliás são bem altas, chegando a 6.4%, que a maioria das artesãs não inclui no valor final de seu produto.

    bjs, bons negócios!

    • Delicale, você tem razão, é necessário incluir também a taxa de hospedagem. Cada artesão terá um valor diferente para inserir na sua tabela pessoal, esta é a da Júlia.

      Agora, a taxa do PagSeguro entrará na planilha de CUSTOS VARIÁVEIS pois ela só é cobrada após a venda de um produto, portanto varia de acordo com o volume de vendas. ;) No próximo post falaremos sobre esse assunto.

  7. Silvane tenorio

    Muito bom e explicadinho….

  8. Silvane tenorio

    Muito bom e explicadinho….

  9. Silvane tenorio

    Muito bom e explicadinho….

  10. David Oliveira

    Adorei a explicação!

  11. David Oliveira

    Adorei a explicação!

  12. David Oliveira

    Adorei a explicação!

  13. Relembrar é sempre bom.   Adorei!.

  14. Relembrar é sempre bom.   Adorei!.

  15. Relembrar é sempre bom.   Adorei!.

  16. Daniela Curi

    O post ficou muito bem explicado, agora é esperar o próximo. Já estou ansiosa…                                O que eu não entendo é como colocar estes custos em cada produto, e em um produto que eu nem sei quando ou quantos vou vender. Mas tenho certeza de que tudo vai ficar mais claro pra mim.   Ah se não fosse vocês na minha vida!!!

    • Daniela, comece fazendo a sua tabela de custos fixos. Na próxima iremos avaliar os custos variáveis. Siga todos os passos que ao final teremos todas as ferramentas para calcular os preços de maneira mais apurada!

  17. Daniela Curi

    O post ficou muito bem explicado, agora é esperar o próximo. Já estou ansiosa…                                O que eu não entendo é como colocar estes custos em cada produto, e em um produto que eu nem sei quando ou quantos vou vender. Mas tenho certeza de que tudo vai ficar mais claro pra mim.   Ah se não fosse vocês na minha vida!!!

    • Daniela, comece fazendo a sua tabela de custos fixos. Na próxima iremos avaliar os custos variáveis. Siga todos os passos que ao final teremos todas as ferramentas para calcular os preços de maneira mais apurada!

  18. Daniela Curi

    O post ficou muito bem explicado, agora é esperar o próximo. Já estou ansiosa…                                O que eu não entendo é como colocar estes custos em cada produto, e em um produto que eu nem sei quando ou quantos vou vender. Mas tenho certeza de que tudo vai ficar mais claro pra mim.   Ah se não fosse vocês na minha vida!!!

    • Daniela, comece fazendo a sua tabela de custos fixos. Na próxima iremos avaliar os custos variáveis. Siga todos os passos que ao final teremos todas as ferramentas para calcular os preços de maneira mais apurada!

  19. Elisangela R.Keller

    Muito bem explicado em rico em detalhes! Parabéns Elisa, adorei!!!

  20. Muito bem explicado em rico em detalhes! Parabéns Elisa, adorei!!!

  21. Muito bem explicado em rico em detalhes! Parabéns Elisa, adorei!!!

  22. Olá, gostei muito da materia porque aguns termos que não entendia ficou bastante laro, mas como a colega Daniela comentou é como colocar tudo isso no custo de um produto.
    Geralmente a gente faz aquela regrinha basica de material utilizado X 3 ou 2, mas parece sempre que há alguma diferença.Bom aguardarei a próxima materia sobre o assunto

    • Mylle aproveite para fazer a sua tabela de custos fixos e avaliar se os seus custos estão sendo calculados corretamente. Acompanhe a série! :)

  23. Patricia Costura

    Estou acompanhando a série sobre os cálculos dos nossos produtos. Fiz minha tabela. Queria saber quando será o próximo post – o de cuto variável.
    Abraços

  24. Patricia Costura

    Estou acompanhando a série sobre os cálculos dos nossos produtos. Fiz minha tabela. Queria saber quando será o próximo post – o de cuto variável.
    Abraços

  25. Patricia Costura

    Estou acompanhando a série sobre os cálculos dos nossos produtos. Fiz minha tabela. Queria saber quando será o próximo post – o de cuto variável.
    Abraços

  26. Adorei! MUITO BOM! Estou cada vez mais interessada em ser uma empreendedora de sucesso e essa matéria foi super interessante. 

  27. Adorei! MUITO BOM! Estou cada vez mais interessada em ser uma empreendedora de sucesso e essa matéria foi super interessante. 

  28. Adorei! MUITO BOM! Estou cada vez mais interessada em ser uma empreendedora de sucesso e essa matéria foi super interessante. 

  29. Tenho uma dúvida. A Julia da história é uma MEI. Como artesã, eu preciso me registrar como micro empreendedor também? 

  30. Deborah Ramos

    Tenho uma dúvida. A Julia da história é uma MEI. Como artesã, eu preciso me registrar como micro empreendedor também? 

  31. Deborah Ramos

    Tenho uma dúvida. A Julia da história é uma MEI. Como artesã, eu preciso me registrar como micro empreendedor também? 

  32. Deborah Ramos

    Tenho uma dúvida. A Julia da história é uma MEI. Como artesã, eu preciso me registrar como micro empreendedor também? 

  33. Mylle aproveite para fazer a sua tabela de custos fixos e avaliar se os seus custos estão sendo calculados corretamente. Acompanhe a série! :)

  34. Mylle aproveite para fazer a sua tabela de custos fixos e avaliar se os seus custos estão sendo calculados corretamente. Acompanhe a série! :)

  35. Mylle aproveite para fazer a sua tabela de custos fixos e avaliar se os seus custos estão sendo calculados corretamente. Acompanhe a série! :)

  36. Adorei!!! muito legal.
    Obrigada a equipe por estar esclarecendo dúvidas e ajudando cada vez mais os “eloseter’s”.
    Estou fazendo um planilha de custos más depois de ler a matéria vi que esqueci de váaaarios custos rsrsrs. Estou anciosa pela chegada da próxima matéria. Até lá! Bjs a todos.

  37. Adorei!!! muito legal.
    Obrigada a equipe por estar esclarecendo dúvidas e ajudando cada vez mais os “eloseter’s”.
    Estou fazendo um planilha de custos más depois de ler a matéria vi que esqueci de váaaarios custos rsrsrs. Estou anciosa pela chegada da próxima matéria. Até lá! Bjs a todos.

  38. Adorei!!! muito legal.
    Obrigada a equipe por estar esclarecendo dúvidas e ajudando cada vez mais os “eloseter’s”.
    Estou fazendo um planilha de custos más depois de ler a matéria vi que esqueci de váaaarios custos rsrsrs. Estou anciosa pela chegada da próxima matéria. Até lá! Bjs a todos.

  39. Elisa , seu post foi muito bom e explicativo! =DDD

  40. Elisa , seu post foi muito bom e explicativo! =DDD

  41. Elisa , seu post foi muito bom e explicativo! =DDD

  42. Eternaslembrancinhas

    Como sempre a equipe do Elo7 nos surpreendendo com informações super úteis para o nosso dia-a-dia (artesão).
    Estou curtindo muito partilhar das idéias e dicas do Elo7.

    Continuem assim nos motivando e nos surpreendendo sempre ; )

    P.S.: Estou na expectativa do próximo post (Preços).

    Bjuuxxxx e Sucesso

  43. Eternaslembrancinhas

    Como sempre a equipe do Elo7 nos surpreendendo com informações super úteis para o nosso dia-a-dia (artesão).
    Estou curtindo muito partilhar das idéias e dicas do Elo7.

    Continuem assim nos motivando e nos surpreendendo sempre ; )

    P.S.: Estou na expectativa do próximo post (Preços).

    Bjuuxxxx e Sucesso

  44. Eternaslembrancinhas

    Como sempre a equipe do Elo7 nos surpreendendo com informações super úteis para o nosso dia-a-dia (artesão).
    Estou curtindo muito partilhar das idéias e dicas do Elo7.

    Continuem assim nos motivando e nos surpreendendo sempre ; )

    P.S.: Estou na expectativa do próximo post (Preços).

    Bjuuxxxx e Sucesso

  45. Parabéns pelo post. A matéria está muito bem explicada, realmente esclarecedora. 
    já estou ansiosa pela continuação.
    Abçs!

  46. Muito bom! faz com que nos dedicamos muito com o nosso trabalho artesanal, começamos a dar uma real valorização!

  47. Eline Amitrano

    Estou muito feliz em participar do elo7 justamente por esse cuidado e preocupação com os lojistas. Dar suporte é essencial pra que continuemos acreditando neste site e sobretudo fundamental pra que nós artesãos tenhamos condições de conquistar e consolidar nosso lugar no mercado. obrigada e parabéns.

  48. Eline Amitrano

    Entendi a planilha de custos e sei que devo deduzir o valor total dessas despesas pelo total das entradas do mês. ok. mas como vou usar estes valores pra calcular o preço individual de cada produto?

    • Eline, ainda temos mais fatores a serem considerados antes de definir o preço dos produtos. Continue ligada nas postagens, pois na próxima falaremos sobre os custos variáveis, lucro  e por fim iremos consolidar os cálculos para os produtos. Vá montando a sua planilha pessoal a cada postagem e se tiver alguma dúvida basta falar com a gente nos comentários!

  49. Eline, ainda temos mais fatores a serem considerados antes de definir o preço dos produtos. Continue ligada nas postagens, pois na próxima falaremos sobre os custos variáveis, lucro  e por fim iremos consolidar os cálculos para os produtos. Vá montando a sua planilha pessoal a cada postagem e se tiver alguma dúvida basta falar com a gente nos comentários!

  50. Eline, ainda temos mais fatores a serem considerados antes de definir o preço dos produtos. Continue ligada nas postagens, pois na próxima falaremos sobre os custos variáveis, lucro  e por fim iremos consolidar os cálculos para os produtos. Vá montando a sua planilha pessoal a cada postagem e se tiver alguma dúvida basta falar com a gente nos comentários!

  51. Eline, ainda temos mais fatores a serem considerados antes de definir o preço dos produtos. Continue ligada nas postagens, pois na próxima falaremos sobre os custos variáveis, lucro  e por fim iremos consolidar os cálculos para os produtos. Vá montando a sua planilha pessoal a cada postagem e se tiver alguma dúvida basta falar com a gente nos comentários!

  52. Elo7, vocês arrasaram! Que ótimos posts! Obrigada pela dedicação e compromisso conosco.
    Como já comentaram aqui, eu fazia um cálculo básico e querendo ou não misturava com as despesas da casa. 
    Fiz recentemente meu MEI e fui ao Sebrae tirar algumas dúvidas e juntando com as informações daqui sinto-me cada vez mais profissionalizada!

  53. MARIA JOSE BRUM

    Nossa adorei, vou já  “copiar alguns tópicos para fazer meu custo.
    Obrigada pela ajuda.
    E já estou ansiosa pelo próximo post.

    Maria José
    Artes da Mana/Elo 7

  54. MARIA JOSE BRUM

    Nossa adorei, vou já  “copiar alguns tópicos para fazer meu custo.
    Obrigada pela ajuda.
    E já estou ansiosa pelo próximo post.

    Maria José
    Artes da Mana/Elo 7

  55. MARIA JOSE BRUM

    Nossa adorei, vou já  “copiar alguns tópicos para fazer meu custo.
    Obrigada pela ajuda.
    E já estou ansiosa pelo próximo post.

    Maria José
    Artes da Mana/Elo 7

  56. Eline Amitrano

    Quando teremos a explicação da tabela de custos variáveis? Estou ansiosa pra ver se estou errando em alguma coisa pra corrigir logo.

  57. Eline Amitrano

    Quando teremos a explicação da tabela de custos variáveis? Estou ansiosa pra ver se estou errando em alguma coisa pra corrigir logo.

  58. Eline Amitrano

    Quando teremos a explicação da tabela de custos variáveis? Estou ansiosa pra ver se estou errando em alguma coisa pra corrigir logo.

  59. Stylusmegahair

     porque nao consigo  ver nada dos meus produtos na primeira pgna e como faço p/ colocar preços obrigado   CELIA

  60. gostei,mas preciso saber o
    como
    calcular a o valor do produto, eu somo tudo que gasto e divido pela quantidade produzida eh isso

  61. Elo7 Equipe Comunidade

    Aline, você pode encontrar mais informações sobre isso na nossa série especial preço: https://blog.elo7.com.br/?s=%22especial+pre%C3%A7o%22&submit=buscar

  62. Elo7 Equipe Comunidade

    Aline, você pode encontrar mais informações sobre isso na nossa série especial preço: https://blog.elo7.com.br/?s=%22especial+pre%C3%A7o%22&submit=buscar

  63. Oi após ler os posts observei que posso estar errando na precificação dos meus produtos ( somar as matérias primas e multiplicar por 3) + 12%, isso está errado poderia me responder? Vou aguardar até breve…

  64. Lilian, você pode aplicar a fórmula do último post da série para avaliar todos os custos da maneira correta. Confira: https://blog.elo7.com.br/2012/07/especial-preco-custo-final.html

  65. Lilian, você pode aplicar a fórmula do último post da série para avaliar todos os custos da maneira correta. Confira: https://blog.elo7.com.br/2012/07/especial-preco-custo-final.html

  66. trabalho com peças de diferentes custos. por exemplo: vestido de tricoline ou sapatinho de malha.
    devo calcular o custo variável de cada produto para poder usar como divisor do custo fixo. está correto?

  67. trabalho com peças de diferentes custos. por exemplo: vestido de tricoline ou sapatinho de malha.
    devo calcular o custo variável de cada produto para poder usar como divisor do custo fixo. está correto?

  68. trabalho com peças de diferentes custos. por exemplo: vestido de tricoline ou sapatinho de malha.
    devo calcular o custo variável de cada produto para poder usar como divisor do custo fixo. está correto?

  69. Madame Sapone

    Ótimo! Parabéns pelo post!

  70. Madame Sapone

    Ótimo! Parabéns pelo post!

  71. Madame Sapone

    Ótimo! Parabéns pelo post!

  72. Madame Sapone

    Ótimo! Parabéns pelo post!

  73. Gabriela Salomão Martins

    Elisa, eu estou com uma dúvida: se o total do que eu vender em um mês não superar os custos fixos, então eu estarei tendo prejuízo?

    • Sim, Gabriela! Você precisa cobrir ao menos os custos fixos do seu negócio para começar a ter algum lucro. Mas não se preocupe: no começo é assim mesmo, a gente vende poucas peças e aos poucos vai crescendo ;)

      Sucesso e boas vendas!

  74. Sim, Gabriela! Você precisa cobrir ao menos os custos fixos do seu negócio para começar a ter algum lucro. Mas não se preocupe: no começo é assim mesmo, a gente vende poucas peças e aos poucos vai crescendo ;)

    Sucesso e boas vendas!

  75. Sim, Gabriela! Você precisa cobrir ao menos os custos fixos do seu negócio para começar a ter algum lucro. Mas não se preocupe: no começo é assim mesmo, a gente vende poucas peças e aos poucos vai crescendo ;)

    Sucesso e boas vendas!

  76. Acabei de fazer a minha Planilha n]ao levou mais de 40m. adorei este post e vou reconmedá-lo as minha amigas, muito bom mesmo!

  77. Parabéns a equipe fabulosa do Elo7,com um blog super esclarecedor que faz crescer em cada um de nós a vontade de continuar.

  78. ederli costa

    uma duvida. Com todos estes custos ainda não consigo calcular meu preço, certo?

  79. Maravilhoso! Mas como eu faço para saber quanto é o valor residual? Divido o valor de mercado por 2?

  80. As embalagens para postagem entram como material de escritório?

  81. Regina Célia Massarico de Moraes

    Olá. Achei as informações muito úteis e sei que vão me ajudar bastante. Porém, tenho uma dúvida. No exemplo que você deu, a pessoa já tem um negócio estabelecido, e tem todas as informações de custos fixos. No meu caso, estou começando agora, não sei ainda, por exemplo, qual será o meu gasto com condução para comprar os materiais, se vou me cadastrar como MEI ou quanto vou gastar de internet e celular para divulgar e atender meus clientes. Você sugere que eu use os valores do exemplo como base? Porque, se não colocar isso agora, no futuro, quando já tiver essa informação, terei que alterar os preços dos meus produtos, certo?

  82. Fátima Ariadne

    Gente, eu só fiquei na dúvida de como calcular o preço final de uma única peça! No exemplo, devemos considerar a produção mensal, mas e nos casos que fazemos sob encomenda? Como calcular por uma peça só? Obrigada!

  83. Adorei o post e já estou fazendo minhas continhas! Uma dúvida: qual a sugestão de vocês para encontrar nossa profissão nas tabelas salariais disponíveis na internet? Procurei como artesão, artesanato… e não existe. Estou ansiosa pelos próximos posts!

  84. Muito bom. Farei minha tabela e volto p o próximo passo.

  85. Há algum valor a ser pago para elo 7? Sou nova aqui..mas já comprei e continuo comprando muito!!!

  86. Allan Patrick

    Olá, como base nos custos fixos como voces o atribuiriam ao valor final do produto? essa e minha duvida, por quanto julia teria que vender seus broxes para cobrir os custos?