Home | Negócio Criativo | Desenvolva seu Negócio | Experiências em bazares: Dicas de lojistas

Experiências em bazares: Dicas de lojistas

Experiências em bazares : Dicas de lojistas

A participação em bazares é uma ótima oportunidade para que as lojas virtuais possam conhecer de pertinho seus clientes, seus interesses, receber sugestões, além de divulgar a sua loja. Convidamos criativos do Elo7 especialistas neste assunto para compartilhar suas experiências em bazares e nos contar suas dicas para quem pretende expor seus produtos também, são eles: a Míriam da loja Estúdio Estampare, o Tiago da loja Mafagafo, a Daniela da loja Minimii e a Carolina da loja Modos de Mocinha. Confiram!

1. Que dica daria para quem irá expor da primeira vez?

Fazer o planejamento da produção para o bazar com antecedência, estudar o público alvo e chegar cedo ao local do bazar são dicas unânimes de todos os lojistas! A Míriam e o Tiago também aconselham fazer um esboço da sua mesa e do espaço para exposição dos produtos para te ajudar na hora da montagem, assim o processo de organização do estande será mais rápido e sem sustos.

2. Como calcula a quantidade de produtos que irá levar?

A Míriam e a Carol levam quantidades que garantam, o mínimo de variedade por modelo de cada produto, de forma a oferecer mais opções aos clientes e aumentar as chances de venda.

A dica do Tiago é sempre levar mais produtos do que imagina vender, mesmo que sobre. Se o evento tiver mais que um dia, ele aconselha identificar os produtos com mais saída e repor essas mercadorias nos dias seguintes.

3. Qual a variedade de produtos que costuma levar?

O Tiago leva um pouco de cada coisa e em várias faixas de preço, pois para ele, os produtos que não vendem muito no site podem vender bem em bazares. Produtos simples e baratos, fazem com que o público não saia de mãos vazias do seu espaço.

 A Míriam acha importante levar grande variedade de produtos e ao mesmo tempo cuidar para que tudo fique em harmonia na arrumação do seu estande, pois caso contrário ele poderá ficar meio “confuso” ao cliente.

Experiências em bazares : Dicas de lojistas-1

4. Com quanto tempo de antecedência você costuma produzir suas peças para o bazar?

A Carolina e a Daniela costumam se planejar com um prazo de 15 dias a 1 mês de antecedência, se possível, para que possam organizar tudo com calma.

Já a Míriam e o Tiago se planejam para ter tudo pronto uma semana antes do evento, assim, na semana que antecede o bazar, eles podem focar nas embalagens, no planejamento da decoração, fazer simulações e testes.

5. Você costuma oferecer descontos ou brindes em bazares? Porquê?

O desconto e os brindes, demonstram carinho e valorização do cliente, na opinião da Daniela e da Míriam. Isso com certeza fará com que o cliente lembre de você e da sua loja!

Para compras de altos valores a Carolina e o Tiago costumam oferecer descontos ou algum produto de cortesia. O Tiago também costuma oferecer descontos quando a pessoa lhe pede ou quando ele percebe que o cliente quer adquirir o produto mas está com dificuldade para comprar.

6. O que acha importante ser feito para cativar os visitantes em um bazar?

A abordagem é o item mais importante para o Tiago. Na opinião dele, um sorriso sincero e a disposição em dar atenção, mudam completamente a impressão do cliente. Ele também acha importante não pressionar, mas também não ignorar o cliente, mesmo que ele esteja somente de passagem.

Além de entregar os cartões da sua loja e lembrar os clientes que eles pode fazer a compra pela loja virtual no Elo7, a Carolina acha que uma boa estratégia para divulgar a sua loja é oferecer benefícios para compras futuras.

Experiências em bazares : Dicas de lojistas -2

7. Você acha importante investir em objetos específicos para exposição de produtos em bazares, como araras, por exemplo?

Todos os lojistas concordam sobre a importância de investir em objetos que facilitem a apresentação das suas peças no bazar, como estantes, caixotes de madeira, araras e suportes de acrílico, por exemplo. Uma boa apresentação faz toda a diferença e demonstra comprometimento e profissionalismo.

8. Qual os benefícios que a participação em bazares lhe proporcionam?

O maior benefício para o Tiago, a Carolina e a Míriam é o contato direto com o seu público. Nesse contato, é possível identificar a reação causada pelo seu produto, receber sugestões e participar diretamente da história da venda.

Outro benefício que a Carolina citou é a troca de experiência com outros lojistas criativos e a possibilidade de ganhar um punhadinho de amigos pelo caminho.

E você, quer compartilhar suas experiências em bazares também? Conte para nós! ;)

bool(false)
Engenheira de produção de formação, apaixonada por empreendedorismo, DIYs, artesanato e tudo relacionado a ele. Acredita que só é feliz quem sonha grande e ao mesmo tempo é genuinamente grato por tudo que tem! Escreve aqui no Blog e também no Academia Craft Academiacraft.com.

Veja mais posts deste autor.

5 comentários

  1. Aeee que bacana!! Todo mundo se ajudando para bazares cada vez mais lindos, organizados e dinâmicos!!

  2. Silvia Sprenger

    Oi, Liana! Muito legal o seu artigo! Eu estou começando agora e queria dicas de como descobrir com antecedência os bazares e feiras que irão rolar. Entrei num grupo no facebook da minha cidade, mas queria mais opções. Você tem mais alguma ideia pra me ajudar?

  3. Olá Liana, adorei as dicas. Vocês poderiam organizar um bazar só de casamento, decoração, acessórios de noivas, topos de bolo, etc.. acredito que seria bem interessante.
    Abraço!

  4. Comecei a participar de feiras e bazares no fim do ano passado e gostei muito da experiência. Sem dúvida o contato direto com o cliente é muito prazeroso neste tipo de venda direta. Mas, gostaria de acrescentar que aproveito este contato para captar e-mails e telefones destes clientes, mesmo dos passantes, para contato posterior. Faço isso oferecendo à eles a participação no sorteio de um brinde da minha marca.
    Um abraço, Cinthia – BijouxMix