Home | Negócio Criativo | Desenvolva seu Negócio | Lições que aprendi com atletas dos jogos olímpicos

Lições que aprendi com atletas dos jogos olímpicos

Oi! Tudo bem? Como foi o seu mês? Por aqui foi bem corrido, só que me dei conta que esse período de competições o mundo todo ficou de olho no Brasil e mais especificamente nos competidores. Você assistiu alguma competição? Eu assisti neste post vou compartilhar três lições que aprendi com atletas.

Lições que aprendi com atletas dos jogos olímpicos

Lições que aprendi com atletas dos jogos olímpicos

O primeiro deles é que na hora da prova, o atleta fica muito concentrado e isso, é um dos fatores que nos ajudam muito no cotidiano. Temos que ficar atentos na hora de cortar tecido, ao aplicar algum acessório com cola, etc. Por mais que o artesanato nos permita refazer trabalhos, quando produzimos um volume grande, a concentração te ajuda muito a otimizar sua pequena produção. Consequentemente você consegue atender mais pedidos e vender mais.

Outro fator que temos que levar em consideração é que os atletas são vistos apenas na hora da competição. Não acompanhamos treinos e suas dificuldades na rotina. Eles estão sempre expostos na “hora do show” e o público quer que as atuações sejam perfeitas. O treino é tão importante quanto a competição em si. Lembra muito o artesanato já que você precisa fazer, testar, começar de novo se der errado e trocar experiência. Além disso é necessário estudar o que o seu concorrente está fazendo e nunca parar de treinar.

Lições que aprendi com atletas dos jogos olímpicos 1

Baleiro personalizado da loja Pincelando na Festa

Para encerrar, tudo isso não aconteceria se os atletas não fizessem o que realmente amam e não se dedicassem. A dedicação, é o terceiro ponto. Ela pode ser vista em vários aspectos como nas horas de treinos e nas repetições dos exercícios.

Com o artesão, é a mesma coisa. Temos que nos dedicar a encomenda, escolher o material, testar técnicas diferentes para melhorar o trabalho. Se der errado, vamos desmanchar e fazer tudo outra vez, tudo isso faz parte. Viu? Vai me dizer que você achava que não tinha nada em comum só porque não pratica nenhum esporte. Lembre-se sempre que o nosso cotidiano é uma eterna competição, temos que treinar sempre para conseguir resultados melhores e ir frente fazendo o que amamos.

Até o nosso próximo encontro. Beijos!

Imagem de capa: Ateliê Toque de Amor

bool(false)
Bruna Abecia
Publicitária de formação, ama fazer artesanato, garimpar ideias, inspirações e escrever sobre o cotidiano relacionado ao assunto. Gosta de testar técnicas diferentes mas suas favoritas são as que fazia com a sua mãe desde pequena e acredita que a vida se torna mais fácil quando aceitamos nossas origens e quem realmente queremos ser. Escreve aqui no Blog e no Eu Amo Fazer Artesanato.

Veja mais posts deste autor.