Home | Negócio Criativo | Mega 2016: o que rolou

Mega 2016: o que rolou

A Mega 2016 já acabou e também já deixou saudades, agora só ano que vem! E como tradicionalmente contamos as novidades sobre o maior evento de artesanato da América Latina, esse post não poderia faltar! Vem ver o que rolou na Mega e veja as novidades que o evento trouxe!

Estande do Elo7 na Mega 2016
Estande do Elo7 na Mega 2016

Mega 2016: o que rolou

Uma das maiores novidades do evento foi o próprio espaço em que aconteceu. O São Paulo Expo (antigo Expo Imigrantes) já é a casa da Mega há anos e o local está inteiro reformado. O pavilhão em que rolou a Mega Artesanal 2016 é novinho em folha, conta com boa estrutura e facilitou a vida dos visitantes com a entrada próxima à entrada do estacionamento (em anos anteriores, era necessário percorrer praticamente o pavilhão inteiro por fora para se chegar na entrada). Além disso, o espaço conta com mais opções de sanitários e lanchonetes. Ponto positivo!

Estande do Elo7 na Mega Artesanal 2016

Fomos só alegria durante os cinco dias da feira! Uma curadoria de insumos para os criativos pintarem e bordarem era um dos chamarizes do nosso espaço. Além disso, tivemos dezenas de pocket cursos rolando durante todos os dias do evento, com filas de espera e artesãs felizes da vida com seus novos projetos!

mega artesanal 2016 oficinas

O que está em alta no mundo artesanal?

O que vimos por lá e que está em alta não são necessariamente novidades do mercado artesanal. O bordado é uma unanimidade: estava presente em stands de produtos a pronta entrega, em lojas de materiais, na decoração de espaços e até nos cursos que rolavam durante o evento.

Os bastidores também ganham força e protagonizam quadrinhos. Se antes as peças eram utilizadas exclusivamente como apoio para manter o tecido esticado enquanto se borda, hoje a madeira é a moldura – e não somente redonda. Tem bastidor em formato de coração! Quase morremos de amor!

mega artesanal 2016 tilda

Outro item que vimos mais nesse ano do que nos anteriores são as bonecas de pano, de todos os tipos, tamanhos, formatos. Mas em especial as Tildas! As bonecas compridas tiveram sua família aumentada, ganhando variações em animaizinhos e outras bonecas baixinhas e mais gordinhas! Havia muitos estandes com materiais para confecção de Tilda, projetos de bonecas temáticas e muito mais.

Frida Kahlo mandou avisar: está em alta sempre! A mexicana de personalidade forte estampa tecidos, panôs, bonecas (até Tildas! Olha elas de novo!) e tudo que a imaginação das criativas permitir! Vimos muitas Fridinhas pela feira toda!

mega artesanal 2016 frida

Lançamentos do mercado artesanal

Antenadíssima, nossa parceira Singer lançou na Mega Artesanal 2016 a Superb EM200 – a supermáquina vem com 200 projetos de bordados, duas fontes de letras que variam de tamanho e uma maior área de bordado. Ah, e faz até 700 pontos por minuto!

A Almaflex trouxe novidades em colas para os mais diversos tipos de aplicações. Com baixo odor, alto poder de fixação e até adesivo de contato à base d’água, a marca caprichou nos lançamentos. Os criativos agradecem!

As supermáquinas de corte também estão mais versáteis, além do tradicional corte a laser em MDF, as marcas investiram em ferramentas versáteis, que cortam desde madeira, isopor e até papel. Para quem produz em escala, é perfeito!

mega artesanal 2016 lançamentos

Não poderíamos deixar de falar sobre o tão aguardado estande do Peter Paiva! Com inspiração em Moulin Rouge, o espaço estava enorme e era puro luxo! O criativo trouxe suas linhas já tradicionais, como os sabonetes de frutas e docinhos, mas inovou também com produtos e essências sensuais e até uma linha exclusivamente masculina! Além disso, a parte de insumos para produção de sabonetes tinha espaço para vidros dos mais diversos tipos, madeiras (caixinhas, caixotes, mini pallets) e até revistas com o beabá das técnicas exclusivas de saboaria do Peter.

mega artesanal 2016 stand peter paiva

E que tal um vídeo mostrando vários detalhes incríveis que tiveram na Mega? Assim, você poderá se sentir como se estivesse lá conosco também :)

Curtiu ver as novidades da Mega 2016? Visitou a feira? O que achou de mais bacana por lá? Conte pra gente aqui nos comentários!

bool(false)
Nutricionista de profissão e crafter de coração. Mãe da princesa Maria Alice. É boa de garfo, ama música e não resiste a um garimpo de decor. Cria os acessórios da Flor de Cris e da A Decoradeira. Sempre indecisa, na dúvida acaba levando os dois.

Veja mais posts deste autor.

11 comentários

  1. Adorei!Quem sabe no próximo ano vou participar ensinando a fazer porta niquel de couro!bjos

  2. Simone Piovezam

    Visitei pela primeira vez a feira e adorei! passei pelo stand do Elo7 e fui muito bem atendida. Equipe maravilhosa, parabéns a todos!

  3. Eu simplesmente amei a Mega é de levar a loucura mesmo ! Mas o que mais me chamou a atenção foi ver o qto de artesãs dedicadas e com vontade do novo , aprender e buscar inspiração. Da pra ver na carinha de cada uma que são gente do bem …esse país ainda tem jeito minha gente!!!

  4. MAYRA FERNANDA RIZZO SILVA

    Minha irmã está tentando fazer contato com as meninas do stand elo7, pois esqueceu uma compra feita no próprio stand da elo7. Uma amiga foi até o stand e não conseguiu pegar a compra, pois tinha só as fotos do comprovante de pagamento com cartão. Foi orientada a enviar e-mail e uma mensagem eletrônica disse que entraria em contato em 48horas. Pois o tempo já passou e ninguém respondeu o email. Alguém pode direcionar para o responsável pelo stand, por favor. Obrigada. Mayra Fernanda.

    • Cris Oliveira

      Olá, Mayra! Encaminhamos sua mensagem para a equipe de organização do stand do Elo7 na Mega, elas entrarão em contato em breve, ok? Beijo!

  5. Super bacana! Pena que não deu pra eu ir…

  6. Adorei estar presente no stand do Elo7, ótima estrutura! =)

    • Cris Oliveira

      Estava muito bacana mesmo, não é Andressa? Conseguiu aproveitar a feira para fazer algum curso por lá também?

  7. Fui a São Paulo e coloquei minha passagem para e retornar dia 12 exatamente para tentar pegar a feira pelo menos um dia, pois ñ poderia voltar depois. Temos empresa há mais de 57 anos, (9 lojas no momento) vamos a feiras a mais de 25 anos, inclusive internacionais e fomos a esta no ano passado, foi a primeira vez que vimos uma falta de respeito tão grande conosco. Infelizmente como não compramos logo o ingresso pela internet e já havia acabado o prazo da compra qdo decidimos ir, tivemos que comprar na hora, algo que causou tremenda chateação ñ só conosco como todos que estavam na fila. Chegamos no horário previsto de abertura e além do atraso para abrir, ficamos quase 1:30 (uma hora e trinta minutos) na fila de fora em pé, e qdo nos aproximamos da entrada percebemos que ainda havia outra fila grande para enfrentarmos qdo entrássemos. Absurdo! Qdo conseguimos entrar o aburdo foi ainda maior: eram 6 (seis) guichês e somente 2 (dois) tinham pessoas atendendo. Verdadeira falta de respeito, já se passavam uma hora e quarenta minutos ali na espera. Falei com a responsável q me disse q ñ deixavam menos de 3 pessoas, q as outras estavam para o almoço, mas só tinham 2!!!! E outra coisa: as outras estavam para o almoço. Como pode a feira acabar de abrir e as pessoas já sairem para o almoço??? Falta de programação e organização. Deveriam ter almoçado antes de entrar ou serem substituidas. Afinal era uma feira de grande porte. Resultado: Desistimos. Resolvemos que não valia a pena passar por tudo aquilo. Quem sabe outro vez. E não foi só nós não viu?!