Home | Negócio Criativo | Desenvolva seu Negócio | Organização da rotina empreendedora para uma vida mais produtiva

Organização da rotina empreendedora para uma vida mais produtiva

Organizar a rotina empreendedora para uma vida mais produtiva

Eu me lembro como ontem o meu primeiro dia como empreendedora, há sete anos atrás (puxa! Já faz isso tudo?!), recém saída do meu emprego estável. Lembro do frio na barriga, a sensação de liberdade e também da angústia. Sim angústia, é um misto de sentimentos. Junto da liberdade vem também o peso da responsabilidade e claro, das dúvidas, muitas delas… incertezas, sonhos e a vontade de fazer tudo acontecer. Mas como fazer tudo o que você tem dentro da sua cabeça acontecer de verdade? Por onde começar a organização da rotina empreendedora? Se eu não tenho mais chefe me dizendo o que fazer, como eu mesma posso definir como usar meu dia? Como usufruir desse recurso tão precioso, o tempo?

O maior benefício do empreendedor é ser dono do próprio tempo, ou melhor, ter a opção de decidir o que fazer com ele, mas é ao mesmo tempo um dos seus maiores desafios. Esse emaranhado de sentimentos é o que acompanha a rotina empreendedora e sobre ela que vim aqui falar hoje para vocês. Quero compartilhar um pouco do que tenho aprendido e vivido na prática que tem me ajudado a criar minha rotina, dia após dia, desde aquele tão lembrado primeiro dia.

Construa sua visão

A primeira coisa que percebi é a importância de saber onde você quer chegar. No início parece que todos os caminhos são possíveis, afinal você está experimentando e aprendendo, tudo é novo e você começa a aceitar vários projetos, várias propostas e várias parcerias. Mas onde todas elas irão te levar? Elas estão de acordo com a vida que você quer levar? Com seus valores? Faz parte da visão que você criou para sua vida empreendedora?

Seja seu próprio chefe

Quando você não tem ninguém para te dizer o que fazer com seu tempo, você pode se sentir tentado a ocupá-lo a todo custo, sem uma lógica própria. Eu passei por isso. A ansiedade me levava a me manter ocupada, microgerenciando pequenas coisas, gastando tempo demais com emails, detalhes dos projetos, redes sociais e outras coisas menos importantes. Descobri aos poucos que estar ocupada é bem diferente de ser produtiva. E ser produtiva é usar seu tempo para trabalhar naquilo que importa e descansar ou fazer outras atividades no seu tempo livre. Para usar bem o tempo você precisa tomar consciência das suas prioridades.

Dizer não, não dói tanto assim

Muitas vezes por medo de perder uma oportunidade ou por não ter muito claro qual caminho seguir, aceitei participar de projetos em que o custo era bem maior que os benefícios. Também percebia que nem toda parceria era boa. Dizer não, a princípio, pode ser difícil. Mas quanto mais “sim” você diz para projetos ou parcerias que você não quer participar, mais projetos deste tipo você atrai. Então quanto antes você criar seu próprio filtro melhor.

Paciência e disciplina andam de mãos dadas

Por fim, tenha paciência. Os resultados aparecem na medida que você se dedica mas também há um componente mágico chamado ação do tempo e nenhum livro ou faculdade te ensinam isso. Há o tempo próprio da ideia maturar, o tempo das respostas, o tempo dos resultados, o tempo de aprendizagem, tempo de mudança e o seu próprio tempo de crescimento.

Viver uma vida empreendedora apaixonante é possível quando você se permite aprender, respeita a ação do tempo e desapega-se um pouco do destino e curte mais a paisagem, aproveitando cada momento da jornada.
E você, tem outras dicas sobre a organização da rotina empreendedora? Compartilhe conosco!

Imagem da capa: Colar B-sides Fashion

bool(false)
Karine Drumond e Priscila Valentino atuam há mais de 10 anos com design e criatividade e atualmente são responsáveis pelas iniciativas da Negócio de Mulher – projeto criado para inspirar e ajudar mulheres a transformarem sonhos em realidade e paixões em negócios, por meio de cursos online e ebooks.

Veja mais posts deste autor.