Home | Negócio Criativo | Desenvolva seu Negócio | Especial Preço: Quanto vale o seu trabalho?

Especial Preço: Quanto vale o seu trabalho?

Quando colocamos nossas criações a venda na Internet, surgem milhares de dúvidas na cabeça. Uma das tarefas mais difíceis é definir o preço do produto, certo ?

Afinal de contas, nós sabemos o trabalho que dá e o tempo que leva para deixar aquela peça artesanal lindona, por isso precificar corretamente o nosso trabalho é uma tarefa super importante. E mais, pode ser um ponto fundamental para que o seu negócio criativo vire algo sustentável a longo prazo.

Ppor isso vamos fazer um epscial com vários posts sobre o tema. Para começar, vamos pensar  em porque vale a pena precificar corretamente seus produtos. Um produto corretamente precificado:

  • Valoriza o seu trabalho e o dos seus colegas que atuam no mesmo segmento;
  • Vende mais;
  • Atrai bons compradores que apreciam e reconhecem o valor dos seus produtos;
  • É atrativo para novos compradores;
  • Injeta mais dinheiro no seu negócio criativo;
  • Te deixa mais feliz e recompensada pelo trabalho e
  • Agrega valor à sua marca.

Reflita, como você precifica seus produtos? Agora conte pra nós

(imagem: arquivo Elo7)

bool(false)

Sobre Elo7

Somos um time que é apaixonado por tudo que é criativo e feito à mão. Aqui no blog, trazemos dicas diárias para inspirar e ajudar no seu negócio criativo! Também organizamos oficinas e encontros em todo o Brasil. Conheça o Elo7!

Veja mais posts deste autor.

23 comentários

  1. eu sempre tenho muitas dúvidas em relação a preços! Faço as peças com tanta dedicação e muitas vezes, vejo pessoas que preferem comparar qualidade com preço! preferem o produto, com acabamento inferior por ser mais barato e muitas vezes, questionam, porque o seu tem o preço diferente do outro? separa qualidade de preço, ajuda muito!

  2. eu sempre tenho muitas dúvidas em relação a preços! Faço as peças com tanta dedicação e muitas vezes, vejo pessoas que preferem comparar qualidade com preço! preferem o produto, com acabamento inferior por ser mais barato e muitas vezes, questionam, porque o seu tem o preço diferente do outro? separa qualidade de preço, ajuda muito!

  3. eu sempre tenho muitas dúvidas em relação a preços! Faço as peças com tanta dedicação e muitas vezes, vejo pessoas que preferem comparar qualidade com preço! preferem o produto, com acabamento inferior por ser mais barato e muitas vezes, questionam, porque o seu tem o preço diferente do outro? separa qualidade de preço, ajuda muito!

  4. Vanessa Gonçalves Victor

    Adorei o blog e estou aprendendo muito com todos vocês. Obrigada e bjinhos.

  5. Esta é uma das partes mais difíceis, pois, alguns clientes acham o preço alto e se cobramos um preço justo, duvidam da qualidade do produto.  Jaqueline – JB Ateliê http://www.jbatelie.com

  6. Esta é uma das partes mais difíceis, pois, alguns clientes acham o preço alto e se cobramos um preço justo, duvidam da qualidade do produto.  Jaqueline – JB Ateliê http://www.jbatelie.com

  7. Esta é uma das partes mais difíceis, pois, alguns clientes acham o preço alto e se cobramos um preço justo, duvidam da qualidade do produto.  Jaqueline – JB Ateliê http://www.jbatelie.com

  8. Simone Piovezam

    Só não valoriza o trabalho artesanal, quem não faz a menor idéia do trabalho que dá pra fazer, seja qual for a atividade (bordado, pintura, bijoux, croche,etc). A iniciativa de nos ajudar a entender como se faz uma contabilidade/planilha de custos é maravilhosa. Parabens, Elo7. 

  9. Muito bom o tema. Já enviei formulário.

    • Thereza Carolino

      Estou começando agora. Seria possivel me enviar
       
      como se faz uma contabilidade/planilha de custos é maravilhosa.
      Obrigada

  10. Muito bom o tema. Já enviei formulário.

  11. Muito bom o tema. Já enviei formulário.

  12. Camila - Atelie Imaginário

    Já enviei minha contribuição…Acho muito válido e gostei muito quando vocês colocaram que quando precificamos de forma certa valorizamos não apenas o nosso trabalho, como também o trabalho de outros artesãos…! Abraço. 

  13. Pois é, as pessoas acham caro, mas compram em lojas que vendem artesanato bem mais caro, são poucas as pessoas que valorizam. Mas se você der de presente todos querem, né?

  14. Tracinhos Personalizados

    Boa iniciativa a de vocês de falar sobre esse assunto, trabalho com ilustrações personalizadas e tenho visto muitos colegas precificarem com um valor muito baixo, achando que ganham mercado assim, mas o resultado são mais e mais pessoas desvalorizando o trabalho dos ilustradores. Chris Marqui.  www.tracinhos.com.br

  15. Infelismente nossos produtos ainda não é valorizado como deveria…
    mas chegaremos la.

  16. Inês Linhares da Fonsêca

    Olá meninas, achei ótimo e oportuno a matéria sobre cálculos e preços. Ainda estou aprendendo mas para calcular meus preços, uso os seguintes critérios: Gastos com máteria prima e os valores agregados(incluindo gastos com elaboração de gráficos, luz, condução, embalagem, cartão de crédito e divulgação e ainda o toque de originalidade, qualidade e dificuldade de produção dos produtos).Encontrado o valor dos gastos multiplico por ou 3.Foi esta a conclusão que obtive após muita pesquisa e que na minha opinião não poderá deixar de ser assim, não esquecendo que a qualidade aliada a um excelente atendimento nos permitirá cada vez mais valorizar nosso trabalho.
    Abril de 2012
     Olá meninas, achei ótimo e oportuno a matéria sobre cálculos e preços. Ainda estou aprendendo mas para calcular meus preços, uso os seguintes critérios: Gastos com máteria prima e os valores agregados(incluindo gastos com elaboração de gráficos, luz, condução, embalagem, cartão de crédito e divulgação e ainda o toque de originalidade, qualidade e dificuldade de produção dos produtos).Encontrado o valor dos gastos multiplico por ou 3.Foi esta a conclusão que obtive após muita pesquisa e que na minha opinião não poderá deixar de ser assim, não esquecendo que a qualidade aliada a um excelente atendimento nos permitirá cada vez mais valorizar nosso trabalho.Abril de 2012 
    Olá meninas, achei ótimo e oportuno a matéria sobre cálculos e preços. Ainda estou aprendendo mas para calcular meus preços, uso os seguintes critérios: Gastos com máteria prima e os valores agregados(incluindo gastos com elaboração de gráficos, luz, condução, embalagem, cartão de crédito e divulgação e ainda o toque de originalidade, qualidade e dificuldade de produção dos produtos).Encontrado o valor dos gastos multiplico por ou 3.Foi esta a conclusão que obtive após muita pesquisa e que na minha opinião não poderá deixar de ser assim, não esquecendo que a qualidade aliada a um excelente atendimento nos permitirá cada vez mais valorizar nosso trabalho.
    Abril de 2012
     

  17. Pauloramosatelier

    Acho ótima a idéia do elo7 de auxiliar-nos nesses pontos sensiveis na relação com o cliente. Preço , na minha opinião , alem de tudo que foi dito , tem a ver com o valor social , no sentido de o quanto a nossa sociedade valoriza o que não está na midia , não é ” in” , não está sendo consumido por todos . Por isso acho que precisamos unir forças para  divulgar nossos  produtos mas tambem a idéia do artesanato que é ser original, meio ” contramão”, autentico, enfim… , um pouco de lenha na fogueira !

  18. Pauloramosatelier

    Acho ótima a idéia do elo7 de auxiliar-nos nesses pontos sensiveis na relação com o cliente. Preço , na minha opinião , alem de tudo que foi dito , tem a ver com o valor social , no sentido de o quanto a nossa sociedade valoriza o que não está na midia , não é ” in” , não está sendo consumido por todos . Por isso acho que precisamos unir forças para  divulgar nossos  produtos mas tambem a idéia do artesanato que é ser original, meio ” contramão”, autentico, enfim… , um pouco de lenha na fogueira !

  19. Pauloramosatelier

    Acho ótima a idéia do elo7 de auxiliar-nos nesses pontos sensiveis na relação com o cliente. Preço , na minha opinião , alem de tudo que foi dito , tem a ver com o valor social , no sentido de o quanto a nossa sociedade valoriza o que não está na midia , não é ” in” , não está sendo consumido por todos . Por isso acho que precisamos unir forças para  divulgar nossos  produtos mas tambem a idéia do artesanato que é ser original, meio ” contramão”, autentico, enfim… , um pouco de lenha na fogueira !