Home | Negócio Criativo | Desenvolva seu Negócio | Como definir objetivos para seu negócio – e alcançá-los!

Como definir objetivos para seu negócio – e alcançá-los!

Hoje é dia de mais conteúdo da rede colaborativa! Quem nos escreveu compartilhando várias dicas sobre como definir objetivos para seu negócio é a Coach de Carreira e Life Coach Janaína Paula. Empreender é um desafio enorme, não é mesmo? E as vezes a gente se sente perdido com tanta coisa pra fazer e ao mesmo tempo sem saber por onde começar. Para te ajudar, ela irá compartilhar todo o processo que segue com meus coachees no encontro para definir os objetivos de carreira de cada um.

Como definir objetivos para seu negócio – e alcançá-los!

Como definir objetivos para seu negócio - e alcançá-los!
Aprenda como alinhar seus planos para colocá-los em prática e obter resultados.

Definindo seu objetivo

Tudo começa com a definição do objetivo. Objetivo é o que você quer, aonde quer chegar. Seu objetivo pode ser conquistar X clientes ou ganhar X mil reais com o seu produto em um ano.

Antes de sair fazendo qualquer coisa é importante se certificar de que ele está bem definido. Você pode fazer isso se fazendo algumas perguntas:

  • O objetivo foi formulado com base no que você quer? Isso significa que ele tem que ser positivo, não pode ser negativo do tipo “eu não quero X”.
  • O objetivo está 100% na sua mão? Não adianta se definir objetivos que as ações para alcançá-lo tenham que ser executadas por outras pessoas. Sabe quando o seu chefe fica te dando tarefas que dependem de um monte de gente além de você? Não é super difícil pra conseguir entregar? É isso.
  • É autoiniciado? Traduzindo: Você quer isso sinceramente? É você ou no fundo é outra pessoa que quer?
  • Se eu atingir esse objetivo, estarei fazendo algo em que acredito? Aumentarei as chances de poder ser mais ‘eu mesma’ no meu trabalho? Terei mais daquilo que eu quero para a minha vida? Aumentarei as chances de me libertar daquilo que não quero para a minha vida?

Após definir o objetivo, precisamos estipular uma meta para ele. A meta é um número que, quando atingirmos, saberemos que conseguimos nosso objetivo. Para isso, deve ser composta por quantidade e prazo. Por exemplo, a sua meta pode ser conseguir 12 clientes em 6 meses para o seu novo negócio.

Quando a meta é muito distante, estabeleça metas intermediárias para não perder o foco e não desanimar. No exemplo acima, uma meta intermediária poderia ser conseguir 2 clientes por mês.

Avaliando os impactos

Já temos objetivo e meta. Agora vamos olhar para suas decisões de maneira saudável, avaliando o impacto delas em todas as áreas da vida. Isso é importante porque, quando promovemos mudanças em uma área às custas de outra, é provável que não dure muito. Além disso, o objetivo precisa levar em conta o que a pessoa inteira quer, e não apenas a parte que está dominando neste momento. Afinal, queremos que você saia daqui em um lugar melhor, e não pior, do que onde começou. E como fazer isso?

Nos processos de coaching eu convido a pessoa a se fazer algumas perguntas, para cada área da sua vida:

  • Quais são os prós de eu buscar esse objetivo?
  • Quais são os contras de eu buscar esse objetivo?
  • O que eu aguento perder para buscar esse objetivo?
  • O que eu não aguento perder por esse objetivo?
  • Qual o impacto nas pessoas de eu buscar esse objetivo?
  • Quem o julgamento me incomoda? Eu quero dar a eles esse poder?

Após ela responder, juntos nós checamos se ela levou em consideração todas as áreas da sua vida, que eu divido em: Lazer, Finanças, Profissional, Intelectual, Íntima (você consigo mesma), Espiritual, Física (saúde e aparência), Família e Relacionamentos Sociais.

E agora? O objetivo se manteve intacto ou sofreu alteração?

Tendo ideias de como fazer

Agora que lapidamos o objetivo, precisamos de um plano de ação para alcança-lo. O plano é uma lista das ações que vamos executar para alcançar nosso objetivo e quando vamos realizar cada uma.

Quando queremos alguma coisa muitas vezes não sabemos muito bem o que precisamos fazer efetivamente para chegar aonde queremos. Uma forma de buscar inspiração é identificar no seu convívio pessoas que conseguiram aquilo que você quer ou algo parecido. Tente mapear o que elas fizeram, o passo a passo que elas adotaram para conseguir. Que tal chama-la para um café, contar o seu plano e perguntar como ela fez para chegar lá?

Você também pode identificar situações no passado em que já precisou fazer algo semelhante. Da mesma forma, tente se lembrar de o que você fez na prática para conseguir isso. Por exemplo, se você quer passar em um concurso público, quando foi no passado que você teve um objetivo parecido? E o que você fez para conseguir?

Se não tiver um exemplo seu nem de pessoas próximas, você pode ainda se colocar no futuro. Tente pensar como se você já tivesse conseguido o que quer, e ‘lembrar-se’ do que fez para chegar lá. Confesso que essa estratégia não funciona muito bem comigo, mas por incrível que pareça dá super certo com muita gente! rs

Às vezes as pessoas não dão muito valor para o plano de ação, porque consideram excesso de organização. Mas lembre-se que o sucesso não está no objetivo final, está no caminho — ele é apenas consequência. E o caminho que você vai percorrer é fruto do seu plano.

Janaína Paula

Coach de Carreira, Life Coach e Professional Coach pelo ICI — Integrated Coaching Institute. Fez diversos cursos nas áreas de Finanças Pessoais e Empreendedorismo. Fez carreira em Consultoria de Gestão, na qual participei de 16 projetos em 14 grandes empresas. Desenvolveu uma metodologia para ajudar pessoas a redescobrirem e buscarem o seu caminho. Você pode encontrá-la pelo seu site ou página no Facebook.

banner rede colaborativa