Home | Negócio Criativo | Desenvolva seu Negócio | Renove-se: sim, você pode!

Renove-se: sim, você pode!

Fotolia_73942986_Subscription_Monthly_M

Meu tema para o artigo de dezembro aqui no blog do Elo7 era “Renovação”. Mas, algumas coisas aconteceram e não consegui enviar o artigo a tempo: minha mãe faleceu e sua passagem foi tranquila, consegui me despedir dela e sei que agora ela está bem melhor. Quando conversei com a editora-chefe do blog pedindo um novo tema para janeiro, ela me disse: “Jo, pode ser o mesmo tema de dezembro”. Eu achei isso lindo, afinal, parece que dezembro me preparou para falar sobre isso!

Fora que, conforme vai chegando o final do ano, o assunto principal sempre é renovação, novas oportunidades, novas chances, mudança de vida. Mas, por que só no fim do ano a gente fala sobre isso?

Seu poder de renovação

Você sabia que todos os dias seu corpo produz 432 trilhões de células novas para substituir pelas células que já não estão funcionando bem? Pesquisas dizem que a cada 7 anos existe a renovação total das células do seu corpo e você se torna uma nova pessoa, por assim dizer. Essa é uma inteligência inconsciente do seu corpo. Você não precisa pensar para fazer isso.

Falando nessa inteligência inconsciente de funcionamento do nosso corpo, você sabia que usa apenas 5% do seu cérebro para entender e aprender coisas novas? Os outros 95% estão no seu inconsciente, no poder de sentir, de entender com o coração, nas suas verdades da vida, naquilo que você faz sem precisar pensar.

Agora, por que você fala tanto de renovação, de mudança (principalmente no fim do ano), e às vezes parece que simplesmente não consegue mudar?

Atendo muitas queridas que dizem que não conseguem organizar a agenda de jeito nenhum: “O dia precisaria ter 48h para mim, Jo!”. Outras dizem que precisam muito emagrecer, mas não conseguem. Outras dizem que precisam muito fazer seu negócio deslanchar, mas não conseguem delegar alguma parte do negócio, então acabam se limitando na produção e na administração, resultando em “empacamento” de crescimento.

A gente sempre acha que sabe o que precisa mudar. Então, por que não mudamos? A resposta a essa questão está em uma palavra: hábito.

Hábitos são aquelas coisas que você faz há tanto tempo, e já fez por tantas vezes, que nem precisa mais pensar nelas para fazê-las. São crenças que se tornam ações diárias, e que passam a fazer parte de você.

Então, como mudar?

Ei, espere! Você tem aquela incrível capacidade de se renovar fisicamente todos os dias sem fazer força, lembra? Faz sentido para você que renovação é sua capacidade inata? Sim!

Vamos usar essa capacidade de forma consciente. Atenção nas dicas:

^EF9C37DD671DE8BE0741CF5B4D1DA80B9FDB3EF031E3CDADBB^pimgpsh_fullsize_distr

Dica 1: Preste atenção aos seus sentimentos

Se a gente não precisa nem pensar para realizar certos hábitos, a primeira coisa a fazer é: começar a pensar! Analise o que você está sentindo cada vez que faz coisas que, na verdade, gostaria de mudar.

O que você está sentindo cada vez que come?

O que você sente quando escolhe fazer algo irrelevante ao invés de fazer o que é mais importante? Exemplo: preferir dar uma olhadinha no Facebook, quando na verdade era para estar embalando produtos.

O que você sente cada vez que pensa: “Preciso de alguém para me ajudar, mas ninguém vai saber fazer como eu”?

Essas ações são hábitos e você só vai conseguir mudar de vida se der atenção a você mesma, e começar a se focar no sentimento que tem cada vez que realizar estas ações.

Então, providencie um caderno e uma caneta e vá anotando seus sentimentos.

Dica 2: Uma coisa de cada vez

Tenha carinho consigo mesma! Pense em uma determinada área da sua vida que deseja mudar e se concentre nela primeiro. Se quiser resolver tudo de uma vez, só vai ficar mais apreensiva, atarefada e decepcionada, correndo o risco de desistir. De novo: uma coisa de cada vez!


Dica 3: Mudando de verdade

Depois que começar a perceber o padrão de sentimento que tem ao fazer algo que gostaria de mudar, a pergunta muda e a resposta aparece.

Por exemplo, você quer emagrecer e se pergunta: “Por que não consigo emagrecer?”. Aí você começa a prestar atenção no que está sentindo sempre que come e chega à conclusão de que se sente ansiosa, apreensiva, triste, ou o que quer que seja. A partir desse momento, a pergunta muda de “Por que não consigo emagrecer?” para “Por que estou me sentindo apreensiva/triste/ansiosa/etc?”.

Quando começar a entender o que está fazendo você se sentir assim, vai começar a resolver questões que não estavam conscientes anteriormente, e é nesse momento que os hábitos começam a mudar.

É um trabalho lindo! Eu acredito verdadeiramente que todos podem realizar esse trabalho! Você pode! Eu posso! E juntos, somos mais! Mas, o primeiro passo é olhar para dentro com carinho e atenção.

Desejo que o espírito de renovação perdure por todo esse ano, e que você acredite verdadeiramente que é capaz de mudar, tendo maior bem-estar em todas as áreas da sua vida, a partir do momento que começar a olhar para você mesma com carinho.

Grande abraço e até a próxima! :)

bool(false)
É Coach de Carreira para desenvolvimento de pessoas e negócios criativos, e compartilha conteúdos através do seu site Joludwig. Acredita que todos estamos conectados e que compartilhar nossas experiências faz parte do ciclo da vida.

Veja mais posts deste autor.

15 comentários

  1. Eliane Gandra

    precisava dessas palavras, obrigada!!!
    Eliane

  2. Ótimo texto, como sempre!
    Espero que gere também ótimas reflexões (e isso, claro, só depende de mim!).

    Obrigada!!!

    • Opa! O primeiro passo é assumir a responsabilidade, e você já está fazendo, portanto o sucesso é garantido! ;-)
      Amo-te, querida!
      Bjs.
      Jo

  3. Obrigada, amiga.. sempre vai no cerne da questão! Bjinhos.

  4. Como sempre perfeito!!
    Bjs.

  5. Mudança é evolução… e este é o único motivo pelo qual visitamos a vida terrena… evoluir…
    o que não significa que mudar seja fácil, mas faz parte de nosso desenvolvimento.
    Joana, grata por seu carinho em nos escrever com tanto sentimento.
    E vamos diariamente nos dedicando a sermos melhores, pois meu comprometimento com minha vida interfere na do outro e vice-versa.

    “Se você quer chegar rápido, vá sozinho.
    Mas se quiser chegar mais longe, vá em grupo”
    Ditado Africano.

    Obrigada Joana por nos juntar num grande grupo!

  6. Q lindo, Jo! Mais uma vez, vc não apontou só um caminho… vc acendeu uma luz dentro de cada um q leu seu texto e se sentiu tocado(a), assim como eu (tenho certeza disso). Q Deus te retribua sempre!!

  7. Jo, sábias palavras, vem de encontro com algo que já tem acontecido na minha vida. Fui a um acampamento em novembro em que o tema era “Vencendo a Ansiedade” e como fazer isso: com disciplina! Suas palavras reforçam essa verdade e mostram como estou no caminho certo, mesmo que em passos de formiga. Super beijo.

    • Ô, coisa boa, Lu!
      Como disse Jung: “Quem olha para fora, sonha. Quem olha para dentro, despera!”
      Grande bj,
      Jo

  8. Lindas palavras,exalam sinceridade e sabedoria.Tocam fundo em nosso coração.Parabéns e obrigada.Beijos

  9. Suas palavras foram perfeitas, Jô, realmente não adianta tratar a doença sem encontrar o motivo que a fez surgir. Precisamos olhar muito mais pra dentro, nos conhecer pra poder vencer nossos próprios obstáculos.
    Cada um tem uma dificuldade, e para isso não há uma receita, é cada um cuidando de si com muito carinho e atenção.
    Sempre evoluindo, dando o melhor de si, pra sermos cada dia melhor e mais feliz.
    Bjão, Jo!! Gratidão!!
    Alê

  10. Lorena Silveira

    Lindas Palavras, tocam fundo é realmente o que preciso e estou buscando nesta exposição dos meus sonhos que e fazer arte. Agora faço parte desta linda familia de “arteiras” que se apoiam estou amando estes cuidados.

    Fé em Jesus e seguindo em frente!

    Obrigado

    Lorena Silveira
    Arte em feltro Mg

  11. Ameii…estou nesse processo!