Home | Negócio Criativo | Desenvolva seu Negócio | Seja um vendedor Fora de Série

Seja um vendedor Fora de Série

O post do dia veio da Rede Colaborativa e traz várias dicas sobre como ser um vendedor Fora de Série no Elo7. Quem compartilha as dicas é o artesão Urian Carneiro da loja Artesanatos Amigurian.

Seja um vendedor Fora de Série

Seja um vendedor Fora de Série

Para se tornar um Vendedor Fora de Série no mundo do Empreendedorismo de Artesanatos é preciso ter em mente algumas coisas muito importantes, mas a que considero como principal é o famoso “Foco no Cliente”. Aí vem uma questão gritante, quem é seu cliente? Enquanto o cliente não estiver bem definido, a gestão do seu Negócio fica incerta e difícil de ser realizada. E digo “enquanto” porque essa definição é um processo que deve ser vivido, estudado e adaptado o tempo todo.

Foco no cliente para vender mais

Se você hoje trabalha com a confecção de bonecos de feltro, não significa que amanhã você não posso enxergar uma oportunidade no ramo de peças de tricô. Com isso, o seu “público alvo” pode acabar mudando sutil ou drasticamente. Portanto, conhecer o seu cliente é algo muito importante, para que então você possa desenvolver ações voltadas ao interesse dele. Isso é foco no cliente. Todas as ações de desenvolvimento de produtos, embalagens, promoções, publicidade, entre outras devem ser realizadas pensando no perfil do seu cliente.

Pensa aí comigo, quem é seu cliente? Seu público é predominantemente feminino ou masculino? É o público infantil ou são os adultos? Ter essas informações muito claras na mente auxilia MUITO no processo de decisões em todos os âmbitos do seu Negócio Criativo.

Segmentar o mercado é limitar o meu público?

Então chegamos a uma reflexão onde todos se perguntam: segmentar o mercado focando em um estilo de cliente específico não é sinônimo de limitar o público? E muito sinceramente em minha opinião eu acredito que SIM. Mas isso não precisa ser uma coisa ruim. Ter um cliente bem definido torna tudo muito mais prático e objetivo.

Vamos imaginar um exemplo, uma empresa que trabalha com a confecção de peças de tricô para recém-nascidos. Esse é um público bem definido e sim, limitado. Mas essa limitação não é negativa e sim objetiva; ela traz efetividade. Isso significa que a produção das peças tende a ser especializada, com técnicas bem desenvolvidas, o estoque de matéria-prima pode ser reduzido (diminuindo custos e desperdícios), o conteúdo desenvolvido nas redes sociais poderá ser mais assertivo e consequentemente o índice de vendas efetivadas será muito bom, tornando o negócio sustentável.

Importância do conhecimento técnico e criativo

E todas essas ideias de definição de público alvo, desenvolvimento de conteúdos para redes sociais, criação de produtos específicos, entre outras, estão diretamente ligadas à busca pelo Conhecimento Técnico do Negócio Criativo. Ocorre que o artesão em sua essência é muito mais voltado ao criar/confeccionar suas peças. E por isso acaba deixando de lado o desenvolvimento dessas outras habilidades, que possuem o mesmo nível de importância.

De nada adianta o artesão possuir super habilidades, se não souber quem é seu cliente e como fazer seu produto chegar a ele. E por isso precisamos todos sempre buscar o aprimoramento em todas as áreas de conhecimento (técnico e criativo).

Informações sobre a Live no Instagram

Seja um vendedor Fora de Série
Produtos criativos da loja Artesanatos Amigurian.

Para nos aprofundar ainda mais sobre esse assunto e compartilhar experiências e muitas outras dicas, irei fazer uma live no Instagram @elo7vendedores com a Nathália Raggi, gerente de Comunidade do Elo7. Você pode interagir conosco enviando dúvidas ou compartilhando suas experiências.

Data: 24 de Julho de 2019, quarta-feira

Horário: às 20h

Onde: no Instagram @elo7vendedores.

Esperamos que você goste e participe conosco!

Engenheira de produção de formação, apaixonada por empreendedorismo, DIYs, artesanato e tudo relacionado a ele. Acredita que só é feliz quem sonha grande e ao mesmo tempo é genuinamente grato por tudo que tem! Escreve aqui no Blog e também no Academia Craft Academiacraft.com.

Veja mais posts deste autor.