Home | Receitas | Doces | Como fazer tapioca colorida: dicas para ficar perfeita

Como fazer tapioca colorida: dicas para ficar perfeita

25

Quer alguns motivos para incluir a tapioca no seu café da manhã? E se for tapioca colorida, melhor ainda. O primeiro é que ela não tem glúten (proteína encontrada no trigo, centeio, cevada e aveia). Se você é intolerante à essa proteína, dá para substituir o pãozinho por ela sem problemas (só cuidado com o recheio, claro!). Outro bom motivo é a versatilidade da goma. Ela vira pizza, panqueca, substitui o pão, é servida doce ou salgada. E, para te convencer de vez a experimentar essa delícia, ela é magrinha! Uma colher de sopa da goma de tapioca tem apenas 70 calorias. Claro que, se o intuito é perder peso, a preocupação maior deve estar no recheio dela, certo?

Se você já é adepta(o) da tapioca, que tal variar não somente o recheio, como também a massa dela? A tapioca colorida é muito simples de fazer e, além disso, ela fica enriquecida com os nutrientes do suco da beterraba, da cenoura, da couve, ou da hortaliça/legume que você utilizar para dar a cor. Escolhemos fazer a tapioca de beterraba e a de cenoura, ambas ficam lindas e podem ser servidas com recheios doces ou salgados, já que o sabor é neutro.

Para prepará-las, veja o que é necessário:

tapioca colorida

Tapioca rosa (de beterraba)

250g de polvilho doce
1/4 de beterraba crua

Preparo

Bata no liquidificador o pedaço de beterraba junto a 200ml de água. Deixe bater por aproximadamente 1 minuto em velocidade alta, para que a beterraba fique em  pedacinhos minúsculos. Coe (de preferência 2 vezes) e reserve 150ml do suco.

tapioca colorida

Misture aos poucos o suco da beterraba ao polvilho para hidratá-lo. O ponto certo da hidratação é quando se faz um montinho de massa apertando na mão e ela não se quebra tão facilmente.

tapioca colorida

Se ficar mole demais, é necessário colocar um pouquinho mais de polvilho. E se ficar muito esfarelada, um pouco mais de suco.

Tapioca amarela (de cenoura)

250g de polvilho doce
1 cenoura grande inteira

Siga exatamente o mesmo modo de preparo da tapioca de beterraba. Só que, como a cenoura é mais fibrosa (e entra na receita com quantidade maior), é necessário coar de 2 a 3 vezes, para que fique somente o suco dela, sem polpa.

Para preparar a tapioca, é necessário passá-la pela peneira. Coloque um punhado de massa e pressione com as mãos na peneira. Cairá o pó fininho. Isso pode também ser feito diretamente sobre a frigideira quente!

tapioca colorida

Com a frigideira já aquecida, coloque aproximadamente 2 colheres de sopa de tapioca. Ajeite rapidamente com a colher, antes que ela comece a coagular.

tapioca colorida

Quando as bordas começarem a subir, é hora de virá-la (ou se preferir, já coloque o recheio nesse momento e dobre-a ao meio. Se for queijo, isso ajudará no processo de derretimento.

tapioca colorida

Aqui recheamos a de beterraba com muçarela e a de cenoura levou coalhada seca e hortelã. Ok, fizemos tapioca doce também! Alô, doce de leite!

tapioca colorida

Dicas para fazer a tapioca perfeita

Para a tapioca ficar no ponto certo, a temperatura da frigideira é importante. Para saber se ela está quente o suficiente, coloque um pouquinho da farinha e, quando ela começar a pular (como pipoca), está na hora de colocar a goma! Se o seu fogão for muito potente, deixe na posição de médio para alto. Só cuidado para não queimar!

O ideal também é sempre utilizar uma frigideira antiaderente. Se você preferir a tapioca fininha, não é necessário virá-la, quando as bordas começarem a se levantar, está na hora de tirá-la.

Tapioca boa é aquela que fica branquinha (ou no caso, rosa ou amarelinha), sem partes queimadas ou douradas. Quanto mais tempo ficar no fogo, mais dura e seca ela tende a ficar. Fique sempre atenta(o) ao ponto certo de tirá-la.

Nunca prepare tapioca para comer depois! Esse é um prato que deve ser comido quente, feito na hora. A goma fica muito dura depois de fria. Além disso, dependendo do recheio que utilizar, ele também endurecerá (imagina queijo derretido duro? Nada bom, não é?).

Dica extra: como a receita rende 250g de tapioca (o que é bastante), dá para guardá-la na geladeira em embalagem plástica tipo zip ou pote bem vedado. O café da manhã (ou o lanche da tarde) estará garantido pelos próximos dias. ;)

E você, já é adepta(o) dessa maravilha nutritiva? Conte para nós seus recheios preferidos!

Aproveite também para ver produtos no Elo7 com temática nordestina. \o/

string(159) "https://www.elo7.com.br/campanha/top-cozinha?mktSort=plusCurated&utm_medium=carrossel&utm_content=lista_festa_doces&utm_campaign=carrossel_receitas"
Nutricionista de profissão e crafter de coração. Mãe da princesa Maria Alice. É boa de garfo, ama música e não resiste a um garimpo de decor. Cria os acessórios da Flor de Cris e da A Decoradeira. Sempre indecisa, na dúvida acaba levando os dois.

Veja mais posts deste autor.

8 comentários

  1. Amei estas receitas deliciosas, pois sempre q vou a feira livre eu compro os pacotinhos para tapiocas e para bolo e é muito gostoso na parte da tade no café da manhã ou no domingo a tarde um destes no lanche com os amigos e fmiliares é uma delicia

  2. Muito boa a dica da tapioca colorida.Vou fazer pois gosto muito dessa iguaria, colorida então é o maximo, valeu mesmo!!!!

  3. rosa spinelli

    maravilhosa as tapiocas coloridas, vou fazer tenho uma tapiocaria em belem – Para com varios tipos de recheio são uma delicia!

    rosa spinelli

  4. Marina Barbosa Lopes

    ADOREI !!!!!!! DESEJO SABER SE A MASSA DA TAPIOCA PODE SER CONGELADA.

    • Cris Oliveira

      Oi Marina! Você pode congelar sim a massa de tapioca em saquinhos ziploc ou em um recipiente bem vedado para não entrar umidade! Beijo ;)

  5. Delícia! Fiz a tapioca amarela e meus alunos amaram!

  6. Oi Cris, fiz a de beterraba, ficou ótima mas no dia seguinte ela ficou mais clara, como se a cor da beterraba tivesse sumindo..daí fiz de novo, coloquei mais beterraba, mas aconteceu a mesma coisa…vc sabe porque?