Home | Gente que Inspira | Entrevista | Lojista em destaque: Adriana, da Yumi handbags

Lojista em destaque: Adriana, da Yumi handbags

yumi_entrevista

Olá! Meu nome no Elo 7 é Adriana Paiva Nakao e o da minha  loja é Ateliê Yumi. Eu sou de Franca/SP, moro no Rio há 10 anos. É também por aqui que fica meu ateliê.

Minha história até aqui

Depois de pensar muito sobre abandonar ou não a carreira de 13 anos no mercado publicitário, resolvi correr atrás do meu sonho. Trabalhei por quase 7 anos na FGV (Fundação Getúlio Vargas) e mais 2 anos em uma  agência de mídia digital.  A vida executiva estava me deixando um pouco chateada, pois eu  sempre viajava muito por todo Brasil e depois de ter a minha filha, isso ficou bem mais difícil de ser feito. Pensei, repensei e resolvi criar algo que me fizesse “sonhar” e o retorno financeiro seria apenas  a conseqüência de um trabalho feito com amor e dedicação. Assim, em dezembro de 2011 nasceu a Yumi.

O nome e também marco da virada

Esse nome foi escolhido porque Yumi é o nome da minha filha de 3 anos, Mariana Yumi. Ela também contribuiu e muito para que essa decisão fosse tomada, pois agora, além de cuidar da minha carreira como estilista, consigo ser uma mãe mais dedicada e compartilhar cada fase da vidinha dela. Para realizar o sonho de ter o meu próprio negócio, mergulhei de cabeça. Depois de muita inspiração e também transpiração, a Yumi está aí, conquistando clientes e mais clientes a cada dia.

Agora, vejo que realmente me encontrei e também percebo o quanto meus produtos provocam desejo, felicidade e satisfação… Isso não tem preço!

Destaques da Yumi

Gosto muito de trabalhar com tecidos e a base do meu trabalho começou com eles. o Ateliê Yumi é conhecido por ter mochilas e bolsas diferenciadas, trabalhos em patchwork e muita coisa exclusiva. Quando viajo, sempre busco lojas de tecidos e trago a mala cheia deles. Minha paixão são os tecidos importados, principalmente os tecidos japoneses. Amo as estampas diferentes.

bolsa_yumi

Para me aprimorar, fiz curso de patchwork, costura, design de bolsas e até curso de bordado. Sempre busco novas técnicas, acompanho as tendências e tento trazer para o meu trabalho o que o handmade tem de bonito, mas com mais estilo, a sofisticação e  a qualidade de produtos industrializados.

Em um “clique”, defini o foco

Quando o ateliê tomou forma, a  maior dificuldade no início foi definir qual era a “linha”, o estilo e o segmento. Eu fazia de tudo: pano de prato, enxoval de bebê, toalhas de mesa, ursinhos decorativos, corujas e mais… E então, costumava me frustrar quando me perguntavam: Mas o seu ateliê é do quê? E minha resposta era: Faço um pouco de tudo… Daí, via o desinteresse de quem perguntava. Era mesmo difícil explicar.

bolsa_yumi1

Até que, em um evento que o Elo 7 promoveu aqui no Rio, falei com algumas pessoas, e uma delas foi a Cibele, que integra a equipe de Comunidade. Ela me aconselhou a aprender a dizer não e que eu deveria procurar fazer o que realmente me dava prazer e focar nisso. Foi a partir deste momento o meu “clique”. Resolvi fazer somente bolsas e acessórios e desde Abril/2012, a Yumi Handbags só faz bolsas, mochilas e acessórios como clutches e carteiras.

O processo criativo

A minha etapa preferida é criar os modelos, procurar e separar a matéria-prima para fazer as primeiras peças. Hoje eu faço somente o desenvolvimento dos modelos, a escolha da matéria-prima e no caso das bolsas de patchwork, eu costuro e faço todo o quilting. A parte de montagem das bolsas fica por conta de uma pequena fábrica em Franca/SP, minha cidade natal.

Eu trabalho em casa. O Ateliê fica em um dos quartos da casa, onde tenho meu computador, 3 máquinas de costura, muitas caixas de tecido e também, meu estoque. Minha rotina de trabalho se concentra das 11h às 18h. Isso na teoria, pois na prática, adoro ficar de noite confabulando com meus tecidos e o meu note que não largo para nada. Até em férias ele me acompanha. Agora estou tb com um hábito horrível: onde vou fico olhando as bolsas da mulherada. É no elevador, na rua, no shopping em restaurantes, em todo lugar. :) Pesquisa constante!   A minha intenção e saber o que as mulheres usam, como usam, e o que está em alta.

adriana

Meu produto favorito é a bolsa baú em patchwork, foi também com ela que tudo começou. Não me canso de fazê-la. E.. Na maioria das vezes, fico mais tempo fazendo do que vendendo. Como é um trabalho muito demorado, não consigo produzir em série e com isso, nem sempre tenho em estoque. Principalmente por ser um trabalho exclusivo. Tem no máximo 3 de cada composé de tecidos.

As conquistas da vida de microempreendedora

O dia a dia e trabalho como autônoma é gratificante! Mas como tudo, tem suas dificuldades… Principalmente para nós, microempreendedores, que não temos um grande capital para investir. Como sou publicitária, sei exatamente o que precisa ser feito para que o ateliê venda cada vez mais. Mas, infelizmente preciso ainda de muito trabalho e esforço para conseguir ter a verba de marketing ideal. Isso as vezes me deixa um pouco desanimada, saber o que preciso fazer, mas não ter capital suficiente para isso. Mas, logo me animo criando peças novas e vendo as avaliações carinhosas das minhas clientes. Na minha loja do Elo 7 só tenho depoimentos lindos e positivos sobre os meus produtos.

Hoje não tenho nenhuma fonte de renda fora o Ateliê Yumi. Mas, depois de 2 anos de Ateliê, continuo investindo e não tenho nenhuma retirada. Só reinvisto tudo que entra.

bolsas

Posso dizer que hoje, casada, com a minha filha Mariana, meu marido Marcos e morando a 800 quilômetros da minha família vejo que fiz a escolha certa. Como publicitária, dei tudo de mim, cresci, amadureci e … na hora certa, investi no meu próprio negócio e não me arrependo, jamais. Apesar de todas as dificuldades, sei que faço o que amo e isso, não ha nada melhor. Como dizem e não canso de repetir: “Não tem preço”.

Vamos até a loja conhecer aos produtos de perto? Sejam todos bem-vindos e obrigada por lerem um pouco sobre a minha história!

bool(false)
Com antena ligada para novidades e tendências 7 dias por semana, paulistana vivendo em Ilhabela, é produtora de conteúdo criativo freelancer há seis anos, formada em Publicidade e Propaganda na ECA-USP, com especialidade em mídias digitais pela FGV. Autora do blog Colacorelinha , redatora do Blog do Elo7, gerenciadora de marcas na web e fã convicta de suculentas e sua força.

Veja mais posts deste autor.

10 comentários

  1. Que linda sua história! nada mais gratificante ver nossos sonhos e trabalho realizado e reconhecido!! Deus abençoe sua vida!!! Sucesso!!

  2. Belíssimo trabalho , Parabéns ;D

  3. Parabéns Yumi, suas bolsas são lindas, fé, força e coragem para continuar seu trabalho, realizar seus sonhos, bjs.

  4. Liliane Freitas

    Como os lojistas em destaque são selecionados? Eu quero indicar uma lojista para ser destaque!

    • Olá Liliane, pode indicar sim escrevendo para blog@elo7.com.br! Obrigada!

      • Liliane Freitas

        Que bom! Eu gostaria de indicar a Lygia, da Balaio de Tigre Artesanato! Comprei amigurumis dela e são um amor, além dela responder super rápido! A loja dela é a balaiodetigre.elo7.com.br ! Obrigada!

  5. As bolsas da Yumi são lindas, já vi de perto e o acabamento impecavel

  6. Parabéns amiga, seu trabalho é impecável, de otima qualidade, de riqueza de detalhes, não tem quem não se apaixona por suas bolsas!!!

  7. Olá meus queridos amigos. Muito obrigada, isso faz tão bem…. rs rs rs… Realmente trabalho com muito amor e carinho. Bjinhos a todos.

  8. Muito lindo seu trabalho,de tamanho bom gosto visite minha loja tbem http://www.elo7.com .br/bellartes curto sabonetes artesanais.Parabéns pelo seu
    trabalho.