Home | Negócio Criativo | Desenvolva seu Negócio | Festas e eventos na quarentena: 5 dicas para lidar neste cenário como empreendedor criativo

Festas e eventos na quarentena: 5 dicas para lidar neste cenário como empreendedor criativo

Com a recomendação de distanciamento social para combater a disseminação do corona vírus, os empreendedores que trabalham com o nicho de festas e eventos enfrenta um grande desafio. Em cenários como esse, é muito importante focarmos nossos esforços em soluções criativas para driblar a crise. É importante estarmos atentos a todas as possibilidades e, assim, buscar maneiras para nos reposicionar e seguir em frente.

Festas e eventos na quarentena: 5 dicas para lidar neste cenário como empreendedor criativo

Se você vende lembrancinhas, doces ou outros itens para festas e eventos, neste compartilhamos dicas para lidar neste cenário como empreendedor criativo, vem ver!

loja ATELIÊ ETERNA ALIANÇA

1. Como posso resolver as dores dos meus clientes?

Com a quarentena, a rotina de quase todos mudou e com isso, novas necessidades surgiram. Com o distanciamento social, novos modelos de festas surgiram para quem não abre mão de celebrar datas importantes em casa como: festa no rack, festa na caixa, festa drive thru e festa por vídeoconferência.

Você pode se fazer as seguintes perguntas:

  • Quais produtos posso criar para tornar as comemorações dos meus clientes em casa inesquecíveis?
  • Esse produto é lucrativo? (Analise quais são os custos de desenvolvimento, produção, materiais, etc)
  • Quais variações desse produto posso fazer para atender a diferentes gostos e bolsos?
  • Tenho o conhecimento e ferramentas para criar esse produto? Se não, o que posso fazer para adquiri-los?

2. Fique por dentro das tendências do seu nicho

Todo final de mês, nós criamos um post compartilhando os termos mais buscados no mês e as subcategorias mais vendidas. Há diversos termos relacionados ao nicho de festas que foram muitos buscados durante a pandemia como “festa na caixa“, “balão personalizado“, “topo de bolo“e “kit festa” por exemplo.

Além disso, você pode acompanhar influenciadores e as notícias do seu nicho para ficar por dentro das tendências e não perder nenhuma oportunidade.

3. Não suma das mídias sociais

As pessoas estão em casa e mais do que nunca estão atrás de informação e entretenimento. Que tipo de conteúdo você pode produzir agora? Você pode repostar fotos de festas lindas antigas, divulgar novos tipos de produtos, fazer enquetes para identificar novas necessidades de seus clientes, notícias relacionadas ao seu nicho ou dicas que sejam relevantes para seus clientes e seguidores. Isso vai ajudar a movimentar suas mídias e manter seu alcance e engajamento.

4. Faça cursos online e aprimore seus conhecimentos

Aproveite este período para aprender algo que sempre quis ou algo que poderá alavancar o seu negócio. Aprenda a pintar, bordar, administrar melhor as finanças do seu negócio, como tirar fotos vendedoras, como usar melhor as redes sociais para divulgar seus produtos, etc. Isso tudo vai te ajudar a se desenvolver, e tratá reflexos positivos no seu negócio lá na frente!

5. Tenha uma estratégia pós-crise

Muitas coisas mudaram desde o começo da pandemia. Mas mesmo com o fim dela, acredito que teremos uma nova forma de consumo, e uma nova consciência. Como você e sua marca vão se posicionar lá na frente? Que tipo de público e produto você terá? Ter um planejamento a longo prazo é essencial para que você tenha clareza sobre os passos que você precisará dar para conquistar suas metas.

Veja também:

+ Festa intimista e econômica é tendência: veja dicas para fazer a sua

+ Kits digitais: solução para festas de emergência

Engenheira de produção de formação, apaixonada por empreendedorismo, DIYs, artesanato e tudo relacionado a ele. Acredita que só é feliz quem sonha grande e ao mesmo tempo é genuinamente grato por tudo que tem! Escreve aqui no Blog e também no Academia Craft Academiacraft.com.

Veja mais posts deste autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *