Home | Bebê e Infantil | Ensinar a criança a brincar sozinha: veja dicas

Ensinar a criança a brincar sozinha: veja dicas

Ensinar a criança a brincar sozinha pode até soar estranho a princípio (e não, não estamos falando sobre deixá-la sozinha sem supervisão em casa!), mas é fundamental para que ela desenvolva confiança, segurança em si própria, autoestima, criatividade e claro, a independência.

Além de estimular essas aptidões todas na criança, ensiná-la a brincar sozinha é também um respiro para os pais, já que não há como brincar o tempo todo e o dia inteiro com os filhos. E pra ajudar nessa missão, reunimos aqui nesse post dicas para que a criança brinque sozinha (e passe a fazer dessa atividade também um hábito). Confira!

Foto de Allan Mas no Pexels

Para todos os momentos, para todas as fases: brinquedos educativos para seus pequenos é no Elo7!

Como ensinar a criança a brincar sozinha? Veja as dicas

1. Comece aos poucos

Um jeito de fazer com que a criança crie o hábito de brincar sozinha é avisá-la com antecedência que você a deixará sozinha por alguns minutos (por exemplo, para lavar aquela louça após o almoço!). Não se afaste muito, e também volte quando a criança solicitar. Essa forma gradual de fazê-la brincar tende a diminuir a necessidade da proximidade dos pais o tempo todo. Evite a todo custo “sumir” enquanto a criança estiver distraída, pois isso pode ter o efeito inverno – assustar e fazer com que ela queira sua presença o tempo todo.

2. Rodízio de brinquedos

Guardar os brinquedos numa caixa ou baú e deixá-los “esquecidos” por algumas semanas farão com que eles pareçam “novos” para a criança quando reencontrá-los. Isso será uma boa distração – pelo menos por algum tempo!

3. Atividades em paralelo

Uma boa sugestão é fazer alguma atividade em paralelo enquanto a criança brinca. Quer um bom exemplo? Leia um livro enquanto o pequeno folheia também um livro infantil. Outra dica é deixar um livro de colorir e lápis com o filho, enquanto você trabalha ou faz o planejamento financeiro do mês. Fazer atividades semelhantes perto da criança faz com que ela imite o comportamento. Somos espelhos pros nossos pequenos!

4. Se for prudente e seguro, planeje um encontro com algum amiguinho da criança

Durante a pandemia, sabemos que é muito difícil de planejar aqueles encontrinhos dos amigos para brincar. Mas quando (e se) possível, fazer com que as crianças se encontrem podem ajudar e muito a criança a brincar sozinha depois. Horas passadas lutando contra dragões, brincando de esconde-esconde e colocando “bebês” para dormir com outras crianças alimentam a imaginação de uma criança quando estiver sozinha em casa. Ao brincar com outras crianças, seu filho aprenderá a se revezar e desenvolver a paciência – habilidades de que precisam para ficarem contentes quando você não consegue diverti-lo.

Foto de cottonbro no Pexels

5. Envolva a criança em outras atividades

Um jeito de reconhecer a necessidade da criança por atenção é inseri-la em suas atividades rotineiras. Lavar a louça, dobrar a roupa do varal, varrer o quintal ou ajudar a recolher os pratos após a refeição são tarefas bem simples e que entretém a criança por algum tempo. Enquanto isso, conseguimos também realizar as tarefas do dia a dia!

Lembre-se: nada de desespero! Ensinar a criança a brincar sozinha é uma tarefa que deve ser feita aos poucos e, sim, isso pode levar algum tempo.

Foto de cottonbro no Pexels

Gostou desse post? Aproveite para ver também:

Como lidar com o estresse das crianças na pandemia: veja dicas

Ideias para organizar o quarto das crianças

Nutricionista de profissão e crafter de coração. Mãe da Maria Alice. É boa de garfo, coleciona chocolates (na barriga, claro), ama música, podcasts e não resiste a um garimpo de decor (espia no @adecoradeira!). Sempre indecisa, na dúvida acaba levando os dois.

Veja mais posts deste autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *