Home | Negócio Criativo | Desenvolva seu Negócio | Venda sob encomenda, pronta-entrega ou personalizada: qual é a melhor opção?

Venda sob encomenda, pronta-entrega ou personalizada: qual é a melhor opção?

Uma pergunta que provavelmente já deve ter passado pelo empreendedor criativo é: devo criar produtos sob encomenda, a pronta-entrega ou personalizado? Acredito que não existe apenas uma resposta certa, afinal, cada pessoa trabalha de diferentes maneiras e com estratégias distintas. Além disso, não é necessário escolher entre uma ou outra opção. Se for benéfico ao seu negócio, você pode trabalhar das três maneiras. O importante, antes de tomar uma decisão, é analisar os pontos positivos e negativos de cada forma de produção e encontrar a melhor alternativa para o seu negócio.

Venda sob encomenda, pronta-entrega ou personalizada: qual é a melhor opção?

Para te ajudar com essa tarefa, listamos os pontos positivos e forma de reduzir as desvantagens de cada uma das forma de trabalho, vem ver!

1. Venda a pronta entrega

Nessa forma de trabalho, os produtos são previamente confeccionados e podem ser comprados imediatamente pelo cliente por um preço já definido.

Vantagens da venda à pronta entrega

  • Prontidão na entrega;
  • Mais tranquilidade para organizar a rotina de produção;
  • Consegue aproveitar o momento de calor da compra;
  • Diminui as chances do cliente desistir;
  • Não há a necessidade de fazer orçamentos.
Venda sob encomenda, pronta-entrega ou personalizado: qual é a melhor opção?
Buquê Margaridas Amarelas – loja Criá

Como lidar com as desvantagens da venda à pronta entrega

  • Ter o produto parado em estoque por muito tempo: estoque parado significa prejuízo. Antes de produzir toda uma coleção, ofereça o produto em pequenas quantidades e certifique-se que aquele produto tem aceitação junto à sua clientela;
  • Menor opções de produtos: por não haver a opção de customização, as opções de produto ficarão limitadas àquelas cadastradas em sua loja. E nem sempre o seu cliente irá gostar da cor , da estampa ou do tamanho da peça que você criou. Para te ajudar a definir características das suas peças, crie enquetes no Instagram, com perguntas como: “você prefere estampa floral ou lisa?”, “prefere um modelo maior ou menor?”, “prefere tecido sintético ou natural?”;
  • Espaço físico para estocar produtos: se você tiver um espaço grande disponível para isso, este custo, na maioria das vezes não será muito alto. Mas caso não tenha, verifique a possibilidade de trabalhar com peças menores, que ocupem menos espaço, ou aproveite datas como a Black Friday para aumentar o giro de vendas e liberar espaço para novos produtos.

2. Venda sob Encomenda

Nessa forma de trabalho sob encomenda, os produtos poderão ser criados do zero, de acordo com as necessidades do cliente, tendo como referência um modelo já criado.

Vantagens da venda sob encomenda

  • Mais liberdade para criar;
  • Direcionar o produto para necessidade específica do cliente aumenta as chances de fechamento;
  • Não existe estoque parado de produtos prontos.
Venda sob encomenda, pronta-entrega ou personalizado
Bonecos Personalizados à partir de Foto – loja Feltrart Presentes Especiais
Como lidar com as desvantagens da venda sob encomenda
  • Prazo maior para entrega do pedido: Muitos clientes desejam o produto pronto naquele momento, e nem sempre estão dispostos a esperar. Para evitar frustrações futuras, deixe claro o prazo de produção e não esqueça de considerar possíveis imprevistos;
  • Necessidade de criar orçamentos personalizados: para reduzir o tempo ao criar os orçamentos, você pode criar uma lista com os valores adicionais da peça personalizada, por exemplo:
    • aplicação de bordado pequeno na peça: adicional de R$10,00
    • aplicação de lantejoulas douradas: adicional de R$9,00
    • embalagem de saquinho crú: R$12,00;
  • Peças personalizadas são mais caras: a grande diferença entre um produto personalizado e um sob encomenda é a mão de obra necessária. Por isso, para não errar na hora de estabelecer o preço, calcular com precisão a quantidade de horas trabalhadas para produzir o produto, e o valor dessas horas. Vale também analisar os preços praticados pela concorrência. O seu preço não precisa ficar abaixo da concorrência para ser competitivo. Você pode incluir serviços e complementos que aumentem o valor agregado do seu produto.

3.  Produtos personalizados

Essa é uma forma intermediária de trabalho entre a opção à pronta entrega e personalizada. Para essa opção você cria um modelo base do produto e o cliente apenas personaliza algumas características dele, ou seja, o produto não será criado do zero. A personalização será trabalhada a partir dos materiais sugeridos por você, e não pelo seu cliente. Isso delimita a criação do cliente e concentra a produção em materiais que você já tem previstos no estoque. Por ele ser um mix das duas formas citadas acima, ele também possui algumas de suas vantagens e desvantagens. O que vai variar aqui é o nível de liberdade de personalização que irá oferecer ao seu cliente.
Venda sob encomenda ou pronta-entrega
Planner personalizado 2022 – loja Floripame

Devemos sempre ficar atentos ao que não traz rentabilidade ao nosso negócio. Sempre é possível rever a nossa estratégia, criar outra nova e traçar planos para crescer como empreendedores. E muitas vezes, são as pequenas atitudes que mudam a dinâmica comercial e trazem mais rentabilidade ao seu negócio criativo.

Espero muito ter ajudado com as dicas e sugestões!

Veja também:

+ Materiais sustentáveis e criativos para embalar e enviar produtos

+ Estratégia de unboxing: como surpreender seus clientes e aumentar suas vendas

Engenheira de produção de formação, apaixonada por empreendedorismo, DIYs, artesanato e tudo relacionado a ele. Acredita que só é feliz quem sonha grande e ao mesmo tempo é genuinamente grato por tudo que tem! Escreve aqui no Blog e também no Academia Craft Academiacraft.com.

Veja mais posts deste autor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *